Dana White dá ultimato a Nate Diaz: ‘Leve a sério ou se aposente’

Dirigente falou sobre as dificuldades de se negociar com o peso leve e seu irmão Nick, mas elogiou suas qualidades como lutador

Comportamento de N. Diaz (foto) irritou o presidente Dana White. Foto: Josh Hedges/UFC

Comportamento de N. Diaz (foto) irritou o presidente Dana White. Foto: Josh Hedges/UFC

O atropelamento do brasileiro Rafael dos Anjos sobre Nate Diaz no último sábado (13) foi o ponto final de uma semana lamentável para o norte-americano. O irmão mais novo de Nick Diaz deu um show de antiprofissionalismo durante a preparação para o UFC on FOX 13, faltou aos treinos abertos, alegou ter se apresentado lesionado e ainda não bateu o peso por quase 2 kg. O comportamento de Nate foi duramente criticado pelo presidente Dana White, que deu um ultimato ao lutador.

Veja Também

Miesha Tate sugere que Ronda Rousey mude de desodorante: ‘Ela fede’
Vídeo: Assista à vitória de Toquinho sobre Jon Fitch no WSOF 16
Vídeo: Assista aos melhores momentos da vitória de Junior Cigano sobre Stipe Miocic
Vídeo: Assista aos melhores momentos da luta entre Rafael dos Anjos e Nate Diaz

Nate Diaz precisa levar este esporte a sério e se recompor ou se aposentar”, disse o dirigente na coletiva de imprensa pós-evento. “Tenho uma lista de roupas sujas a lavar com Nate Diaz. Como eu disse, eu sempre gostei do Nate, mas ele é seu pior inimigo. Ele diz que quer ganhar mais dinheiro, mas aparece quase dois quilos acima do peso, o que o faz parder 20% da bolsa. Faz uma série de outras coisas e é multado em dez mil dólares”, completou.

O dirigente também comentou sobre as dificuldades de negociação com Nate e seu irmão Nick. “Nós estamos negociando com ele agora. Você aceita uma certa quantidade de ‘tanto faz’ quando você está em negócios com os irmaõs Diaz, e nós temos diversos outros atletas com os quais várias coisas acontecem nos bastidores e tentamos ao máximo ser justos. Mas esses caras já estão passando dos limites”, avaliou.

Apesar das críticas, Dana elogiou a bravura do norte-americano, que resistiu por três rounds a um dos castigos mais duros da história recente do octógono. “Mas eu te digo: ele é duro demais. Aqueles chutes na perna que ele absorveu, o Rafael dos Anjos deveria voltar aqui ser preso por tentativa de assassinato naquela luta. Ele absolutamente destruiu o Diaz. Foi uma surra unilateral”, definiu.

Nate Diaz, de 29 anos, tem um cartel profissional de 17 vitórias e dez derrotas. Com o revés para Rafael dos Anjos, o californiano da cidade de Stockton agora soma três derrotas em suas últimas quatro lutas, incluindo a disputa do cinturão dos leves contra Ben Henderson em dezembro de 2012.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments