Dana prevê que Cigano ficará afastado por um longo tempo após guerra com Miocic

Presidente do UFC viu vitória do brasileiro, mas reconheceu que ex-campeão se machucou demais na luta do último sábado (13)

J. dos Santos (foto) tem um retrospecto de dez vitórias e duas derrotas no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

J. dos Santos (foto) tem um retrospecto de 11 vitórias e duas derrotas no UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

O combate contra Stipe Miocic, no último sábado (13), marcou o fim de um período de um ano e dois meses em que Júnior Cigano ficou afastado do UFC. Porém, o brasileiro pode ficar novamente sem lutar por um longo tempo. Pelo menos é o que acredita o presidente do UFC, Dana White.

Veja Também

UFC on FOX 13: Em batalha épica, Cigano vence Miocic em sua volta ao octógono
Vídeo: Assista aos melhores momentos da vitória de Junior Cigano sobre Stipe Miocic
Irreconhecível, Cigano usa óculos para esconder inchaço após vitória sobre Miocic

Segundo Dana, as lesões sofridas por Cigano na luta, o que deixou seu rosto totalmente desfigurado, impedirão o brasileiro de retornar rapidamente ao Ultimate. “Eu não sou médico, mas não vejo Júnior lutando tão já. Não quero desmerecer Júnior, mas foi Stipe que saiu da luta com o moral alto”, disse o dirigente, em entrevista coletiva.

Apesar de reconhecer os danos sofridos por Cigano, White viu o brasileiro como o vencedor de fato da luta com Miocic. “Eu acho que ele venceu a luta, mas vou dizer uma coisa: ele diminuiu demais seu ritmo e recebeu muitas pancadas. Seu rosto começou a inchar na bochecha e nos olhos. E isso aconteceu logo no começo da luta. Se fosse uma luta de três rounds, Stipe teria vencido. Júnior ficou machucado logo no começo, mas ele tem muita garra. Ele continuava partindo para cima, não importa o quanto ele havia sido atingido”, apontou White.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments