Matchmaker do UFC diz que Hendricks deverá ser primeiro desafiante de Lawler pelo cinturão

Joe Silva explica que uma trilogia entre os norte-americanos faria mais sentido do que combate com Rory MacDonald

Lawler (esq.) e Hendricks (dir.) se enfrentaram em março e dezembro de 2014. Foto: Josh Hedge/UFC

Lawler (esq.) e Hendricks (dir.) se enfrentaram em março e dezembro de 2014. Foto: Josh Hedge/UFC

Ao que tudo indica, a antiga promessa a Rory MacDonald de que ele seria o próximo a disputar o cinturão dos meio-médios do UFC será adiada Em entrevista exclusiva ao repórter do SUPER LUTAS Lucas Carrano, o matchmaker do UFC, Joe Silva, afirmou que é grande a possibilidade de Johny Hendricks ser o primeiro desafiante de Robbie Lawler pelo título, naquela que seria a terceira luta entre os dois norte-americanos.

Veja Também

Com direito a caneta, Lyoto e Barão duelam no futebol em estádio do Palmeiras
Ronda Rousey e Miesha Tate entram na lista das ’50 mais saradas do esporte’
VÍDEO: Ao som de ‘A Dona Aranha’, UFC promove volta de Anderson Silva ao octógono

Lawler e Hendricks se enfrentaram pela primeira vez em março, na disputa pelo título vago após a aposentadoria de Georges St. Pierre. Hendricks venceu na decisão dos juízes, depois de cinco rounds de intensa disputa. A revanche aconteceu no início de dezembro, com Lawler dando o troco e tomando o cinturão também na decisão dos juízes.

Justamente por conta da disputa intensa vista nas duas lutas anteriores, Silva confirmou que uma trilogia deverá acontecer em breve. “Não é oficial, mas é bem provável. Eles fizeram a primeira luta, foi muito dura e apertada. Então eles lutaram de novo e foi muito parelho outra vez. Algumas pessoas não concordam com o resultado, então, uma trilogia faz sentido”, explicou. “É claro que uma luta contra Rory também faz sentido, mas as pessoas falam tanto de revanche que se esquecem que Lawler x MacDonald também será uma revanche”, acrescentou.

Silva lembrou que uma mudança de planos na escolha do desafiante pelo cinturão não é novidade no UFC. “Não é a primeira vez que acontece isso. Quando compramos o WEC, era para o campeão de lá lutar com o vencedor de Frankie Edgar x Gray Maynard, mas a luta empatou, [Anthony] Pettis perdeu para Clay Guida e mudou todo o cenário”, contou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário