Jonas Bilharinho consegue nocaute espetacular e faz história no Jungle Fight

Lutador da Team Nogueira se tornou o primeiro atleta a se sagrar como campeão em duas categorias do evento promovido por Wallid Ismail

J. Bilharinho está invicto como profissional, em seis lutas. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

J. Bilharinho está invicto como profissional, em seis lutas. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

Jonas Bilharinho fez história na noite deste sábado (12). O atleta da Team Nogueira se tornou o primeiro lutador a se tornar campeão do Jungle Fight em duas categorias diferentes. Na edição de número 76 do show, realizada no ginásio Prudente de Morais, em Itu-SP, Bilharinho chegou ao triunfo com um lindo nocaute. Com um chute alto ele mandou Fabiano Soldado para a lona. O resultado garantiu o cinturão dos penas (até 66 kg.), já que ele também é dono do cinturão dos pesos galos (até 61,2 kg.).

Veja Também

Cro Cop vinga nocaute sobre Gabriel Napão na estreia do UFC na Polônia
Vitória de Serginho e nocaute fulminante marcam card preliminar do UFC na Polônia

O Jungle Fight 76, que marcou a estreia do evento na Bandeirantes, trouxe três disputas de cinturão e não decepcionou o público no interior paulista. Na primeira luta por cinturão, Bilharinho,  mostrou seu talento e precisou de apenas 1m26s para aplicar um lindo chute alto e nocautear Fabiano Soldado. Invicto na carreira com seis vitórias, Jonas, de apenas 24 anos, já desmonta como uma das maiores revelações do cenário nacional.

Em outra luta por título, Bruno Lopes dominou Jose Suavecito por 15 minutos para ficar com a vitória na decisão unânime dos juízes. Ele recebe o cinturão dos meio-médios, que estava vago desde a ida de Elizeu Capoeira para o UFC.

Já na luta feminina da noite, a campeã dos galos, Ericka Almeida não teve grandes dificuldades para manter seu título. Ela encaixou um triângulo da montada e forçou a chilena  Jennifer Gonzalez a desistir.

Confira os resultados do Jungle Fight 76

Bruno Lopes derrotou Jose Suavecito na decisão unânime dos juízes;
Ericka Almeida finalizou Jennifer Gonzalez vom um triângulo no 1R
Jonas Blharinho derrotou Fernando Soldado por nocaute no R1;
Alvaro Correa derrotou Atrhur Ribas por nocaute no R1;
Diego Barbosa derrotou Bruno Beirute na decisão dividida dos juízes;
Amanda Ribas derrotou Aline Sattelmayer na decisão unânime dos juízes;
Herberth Reis finalizou Diego Paiva no R3
Israel Ottoni finalizou Leandro Pagão com um mata-leão no 2R
Aritson França derrotou Carlos Eduardo por nocaute técnico no R3
Danilo Adreano finalizou Danilo Alves no R2
Willian Kuraça derrotou Junior Pca-Pau por nocaute técnico no R3

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments