Pacquiao promete doar R$ 150 milhões de sua bolsa na ‘luta do século’ para a caridade

Pacman, que recebeu US$120 milhões para fazer a luta, mostra seu lado caridoso e aumenta a idolatria que os filipinos tem por ele

Manny PacquiaoManny Pacquiao não conseguiu quebrar a invencibilidade de Floyd Mayweather na luta do século do boxe, realizada na madrugada deste domingo (03), em Las Vegas. Após um duelo equilibrado e com alternâncias no controle, o norte-americano levou a melhor na decisão unânime dos juízes. Porém, mesmo com o revés, ‘Pacman’ embolsou incríveis US$120 milhões de bolsa. Com o excelente salário o filipino irá abrir mão de US$ 50 milhões, cerca de R$ 150 milhões na cotação atual, para doar a caridade. A informação é do empresário do atleta, Bob Arum.

Veja Também

Floyd Mayweather vence ‘luta do século’ contra Manny Pacquiao
Vídeo: Assista aos melhores momentos da luta entre Floyd Mayweather x Manny Pacquiao
Roy Jones Jr. abre caminho para encarar contra Anderson Silva e diz que lutaria no Brasil
Bolsa de Mayweather para luta histórica pagaria salários de Messi e Cristiano Ronaldo por cinco anos; veja outros exemplos

“Pacquiao já me disse que não se preocupa com o assunto dinheiro. Nem gosta de falar sobre bolsas. E me disse que irá doar US$ 50 milhões do que ganhou da luta com Mayweather para a caridade. É por isso que Pacquiao é a pessoa que é e segue amado por todo o mundo”, disse Arum, a imprensa após o combate.

A ação generosa de Pacquiao contrasta com o estilo esbanjador de Mayweahter. O norte-americano, que embolsou US$ 200 milhões para fazer a luta, tem uma coleção de carros esportivos, joias cravejadas em diamante e chega até a não repetir o uso de roupas e tênis, descartando as peças após o uso em hotéis.

Manny Pacquiao, que está próximo da aposentadoria, nunca escondeu o desejo em ser presidente das Filipinas. Maior esportista de seu país, o atleta é idolatrado no país asiático.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments