Vendas de Mayweather x Pacquiao devem passar de 5 milhões e detonar recordes no boxe

Caso números de fato se confirmem, pugilistas poderão levar para casa mais de uma centena de milhões de dólares cada

Mayweather (esq.) e Pacquiao (dir.) se enfrentaram no início de maio. Foto: Divulgação

Mayweather (esq.) e Pacquiao (dir.) se enfrentaram no início de maio. Foto: Divulgação

A já multimilionária luta entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao, disputada no último sábado (2), poderá superar as expectativas e levantar cifras ainda mais astronômicas. De acordo com informações preliminares da imprensa norte-americana, o combate teria vendido aproximadamente 5,6 milhões de pacotes em pay-per-view­ nos Estados Unidos.

Veja Também

Floyd Mayweather vence ‘luta do século’ contra Manny Pacquiao
Bolsa de Mayweather para luta histórica pagaria salários de Messi e Cristiano Ronaldo por cinco anos; veja outros exemplos
Pacquiao deverá receber R$ 7 milhões em patrocínios de sua bermuda em luta contra Mayweather

Caso sejam confirmados, os números bateriam com folga os recordes anteriores já estabelecidos no boxe em sua história. As duas lutas com maiores vendas já registradas, Mayweather x Oscar de la Roya (2,48 mi) e Mayweather x Canelo Alvarez (2,25 mi), juntas, ficariam mais de 800 mil abaixo em relação à “Luta do Século”, vencida por Mayweather na decisão dos juízes.

Segundo o jornal “The New York Times”, 30% a 40% do valor arrecadado em pay-per-view é repassado às empresas de TV a cabo, satélite e telefone, e 7,5% vão à HBO e Showtime, que transmitiram a luta. O restante seria distribuído aos lutadores, com maior parte indo a Mayweather.

Com base nesses números, Mayweather levaria com folga mais de US$ 150 milhões só em vendas de pay-per-view, e Pacquiao embolsaria mais de US$ 110 milhões.

Para se ter uma ideia da grandeza dos números, o recorde absoluto de vendas de pay-per-view no UFC foi estabelecido no histórico evento de número 100, em 2009. Contando com as estrelas Georges St. Pierre e Brock Lesnar, a atração venceu 1,6 milhão de pacotes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments