Com Ronda na mira, Amanda Nunes evita provocações: ‘Não preciso falar’

Brasileira, que conquistou a vitória mais importante da sua carreira ao finalizar Sara McMann, espera sua chance pelo cinturão

A. Nunes comemora maior vitória de sua carreira. Foto Josh Hedges

A. Nunes comemora maior vitória de sua carreira. Foto Josh Hedges

Depois de Bethe Pitbull, outra brasileira pode esta no caminho da supercampeã Ronda Rousey no UFC. A baiana Amanda Nunes, que bateu Sara McMann nesta madrugada (08), no UFC Fight Night 73, espera a chance pelo titulo em breve, mas diz que não adotará o estilo provocador da compatriota, que foi nocauteada em apenas 33 segundos.

Veja Também

UFC Fight Night 73: Glover e Amanda finalizam e comandam festa brasileira em Nashville
Vídeo: Assista a finalização de Glover Teixeira no UFC Fight Night 73

“Não preciso falar. Vou mostrar, entrar no cage e fazer o que faço. Minha próxima luta vai ser assim. Vou nocautear ou finalizar”, disse Amanda na coletiva de imprensa. Na sequência a brasileira já mira em um duelo contra Rousey. “Acho que mereço a chance pelo cinturão. Com certeza terei minha disputa de título logo”, completou.

Ainda sem nenhuma previsão de próxima adversária, Amanda já mira de como seria sua luta diante da invicta Ronda Rousey.

“Eu não paro de melhorar. Tenho uma trocação muito boa, meu background é o jiu-jítsu e treino judô por toda minha vida. Seria uma luta muito boa, pois a Ronda também tem esse lastro e está melhorando na trocação”, encerrou.

Com o triunfo diante de Sara McMann (leia a matéria aqui), Amanda chegou a 11ª vitória na carreira, sendo a quarta no UFC. A boa atuação da brasileira também arrancou elogios de Dana White, presidente do UFC. Em sua conta no Twitter, o dirigente escreveu que o duelo de Nunes ‘pareceu ótimo’.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments