McGregor promete ‘aposentar’ Aldo e subir de categoria

Irlandês, já foi campeão dos leves na Europa, disse que se bater Aldo já teria 'limpado' a divisão até 66 kg

McGregor (foto)  encara J. Aldo em dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) encara J. Aldo em dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

Conor McGregor ainda nem passou por José Aldo na unificação dos cinturões dos pesos penas, mas já faz planos para seu futuro após o UFC 194. Em entrevista, o irlandês prometeu encerrar a carreira do rival brasileiro e, em seguida, subir para a categoria peso leve.

“Eu quero que o José (Aldo) apareça, pois eu vou aposentá-lo e assim terei cumprido o que prometi fazer. Eu disse que iria limpar a divisão dos pesos penas, não há ninguém mais”, disse Conor, durante um almoço com a imprensa em Los Angeles (EUA). “Vou unificar os cinturões dos penas, limpar a divisão e, depois, subirei para o peso-leve e o dominarei totalmente também. Esses são os meus planos no momento”, completou.

Apesar de considerar Aldo a “última fronteira” a ser transposta na divisão até 66 kg, McGregor abriu uma exceção e se mostrou disposto a permanecer na categoria caso seu próximo duelo fosse contra Frankie Edgar. “Se Frankie Edgar conseguir ter uma performance fenomenal e vencer Chad Mendes dia 11 de dezembro, talvez eu dizer ‘tudo bem, vamos responder à questão Edgar’ e acabar com ele rapidamente. Mas, na minha cabeça agora eu só penso em ‘unificar’ e ‘destruir'”, garantiu.

Apesar de ser hoje o campeão interino peso pena do UFC, Conor McGregor já teve um histórico na categoria de pesos leves, da qual foi campeão no evento europeu Cage Warriors. No dia 12 de dezembro, em Las Vegas (EUA), McGregor enfrenta José Aldo na unificação dos títulos na luta principal do UFC 194.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments