Johnson minimiza polêmicas em sua vida pessoal: ‘Minha família sabe quem sou’

Lutador, que se envolveu em algumas confusões nos últimos meses, diz que ‘tem o direito de ter seus momentos de fúria’

Johnson (foto) luta contra Manuwa no UFC 191. Foto: Divulgação/UFC

Johnson (foto) luta contra Manuwa no UFC 191. Foto: Divulgação/UFC

Alvo de diversas polêmicas em sua vida pessoal nos últimos meses, Anthony Johnson se defendeu das críticas que vem recebendo e garantiu que não possui nenhum tipo de problema de comportamento que possa atrapalhar sua carreira.

Veja Também

Johnson ofende mulher nas redes sociais após discussão em academia
Grupo organiza protesto contra luta de ‘Rumble’ no UFC 191
Vídeo: confira cinco curiosidades sobre o card do UFC 191

No fim do ano passado, o meio-pesado chegou a ser suspenso temporariamente pelo UFC devido às acusações de sua ex-esposa, que afirmou que Johnson havia lhe agredido com socos e quebrado alguns de seus dentes. Já há poucas semanas, o atleta novamente se envolveu em confusão, quando discutiu com uma mulher em sua academia e desferiu diversas ofensas nas redes sociais.

Johnson chegou a ser investigado pelo UFC, mas acabou liberado para lutar neste sábado (5), contra Jimi Manuwa.

“Eu nunca pensei que a luta seria cancelada. Eles podem me investigar, sei que não fiz nada de errado. Não sou perfeito, mas com certeza também não sou aquilo que a mídia pinta. Eu tenho o direito de ter meus momentos de fúria às vezes. Meus amigos e família sabem quem eu sou”, disse Johnson, em entrevista ao site da emissora norte-americana “FOX Sports”.

Johnson no UFC 191 deverá ser alvo de um protesto no sábado. Um grupo prometeu que irá fazer uma manifestação nos arredores do MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA), reclamando da omissão do UFC quanto à participação do lutador no evento.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments