Diretor do UFC: Werdum e Spider querem evento no Brasil

Giovani Decker afirma, no entanto, que chances são maiores de evento com estrelas não acontecer em território nacional

G. Decker, novo CEO do Ultimate no Brasil. Foto: Reprodução

G. Decker, novo CEO do Ultimate no Brasil. Foto: Reprodução

Recentemente, muito se especulou sobre um evento do UFC em um estádio de futebol no Brasil no início de 2016. As informações, inclusive, davam conta de uma atração na Arena da Baixada, em Curitiba, com Fabrício Werdum e Anderson Silva como grandes estrelas. Porém, o diretor do UFC no Brasil, Giovani Decker, afirmou que ainda não há nenhum plano concretizado.

Veja Também

Werdum confirma que revanche com Velasquez deverá ser em estádio em Curitiba
Anderson Silva diz que voltará ao UFC contra Bisping em Curitiba
UFC volta ao Rio de Janeiro no fim de 2016, diz site

Decker foi além e contou que, apesar da vontade sua e dos astros brasileiros, a chance é maior que o evento não aconteça como vem se especulando.

“Há bastante especulação, o Werdum falou, o Anderson falou. Tomara que feche tudo isso, eu serei o cara mais feliz do mundo, mas na real não existe nada fechado ainda. É pura especulação. Existe uma pressão muito forte por parte do Werdum para que a defesa de cinturão dele seja no Brasil. Inclusive, por ele, seria na Arena do Grêmio [em Porto Alegre]. O Anderson também está pressionando para que a volta dele seja no Brasil. É uma vontade pessoal minha trazer essas lutas para o Brasil, mas eu estaria elevando a expectativa de todos se dissesse que isso hoje está fechado, e não está, está longe de estar. Na real, as chances disso se confirmar hoje são de 40% e de não acontecer são de 60%. Temos que ser realistas”, explicou Decker, em entrevista ao site “Portal do Vale Tudo”.

Werdum fará sua próxima luta diante de Cain Velasquez, em revanche válida pelo cinturão dos pesados do UFC. Já Anderson, suspenso por doping até fevereiro do ano que vem, declarou que deverá enfrentar Michael Bisping em seu retorno.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments