Michel Trator vence Valmir Bidu no duelo brasileiro no UFC Monterrey

Na abertura do show, brasileiros fizeram uma luta sem grandes emoções, mas paraense venceu e respirou dentro da organização

M. Trator (esq.) venceu V. Bidu (dir.) no UFC México. Foto: Getty Images

M. Trator (esq.) venceu V. Bidu (dir.) no UFC México. Foto: Getty Images

A abertura do UFC Fight Night 78, evento realizado em Monterrey, no México, trouxe um duelo 100% brasileiro. O paraense Michel Trator travou um duelo bastante equilibrado com o baiano Michel Bidu. Mas ao final de 15 minutos de disputa, Trator levou a melhor na decisão dividida dos juízes.

A luta

Veja Também

‘Voz do octógono’ leiloa papeletas de Ronda x Holm
Comissão de Nevada agenda data de novo julgamento de Wand
Lutadores de MMA fazem doação a vítimas de tragédia em Mariana

No início da disputa, Trator conseguiu encontrar primeiro a distância e acertou bons golpes em pé. No minuto final do primeiro round, Michel conectou um cruzado que abalou Bidu, mas Valmir conseguiu evitar uma tentativa de queda e se manter vivo na luta.

No segundo assalto, Trator tentou manter o ritmo na luta em pé e acertou os melhores golpes. Mas Bidu mudou a estratégia e conseguiu uma queda.  Por cima, o atleta da Nova União controlou a luta. Apesar de não golpear com contundência, Valmir ficou boa parte da parcial por cima.

No terceiro e decisivo round, Bidu começou conectando alguns socos na trocação, enquanto Trator soltava potentes golpes de direita, mas sempre no vazio. Com a luta equilibrada em pé, Michel mudou a estratégia e buscou a queda, mas Bidu mais uma vez defendeu e conseguiu ficar por cima no chão. Após a luta ficar sem ação, o árbitro ordenou que os dois se levantassem, e Trator mais uma vez buscou a queda, porém, novamente, sem sucesso.

Ao final de 15 minutos de disputa, os juízes laterais marcaram a vitória do paraense Michel Trator de forma dividida (29×28, 28×29, 29×28).

Erick Perez faz a festa da torcida mexicana

Na última luta do card preliminar, o peso galo Erick Perez fez a fez da torcida mexicana. Diante do francês Taylor Lapilus, o lutador da casa travou um duelo bastante disputado, mas conseguiu vencer na decisão unânime dos juízes.

Perez usou seu jogo de queda para abrir e frente diante de Lapilus, mas o francês quase surpreendeu o lutador local com uma guilhotina. Mas após se livrar do susto, o mexicano golpeou por cima. Com bom jogo no solo, Taylon ainda tentou uma chave de braço, mas sem sucesso.

No round final, Lapilus pressionou desde o início em busca da virada. O mexicano mostrou habilidade no solo ao defender as tentativas de queda, sempre ficando por cima no solo.

Resultados do card preliminar do UFC Fight Night 78 – México

Érik Pérez derrotou Taylor Lapilus na decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28, 29×28)

Bartosz Fabinski derrotou  Héctor Urbina na decisão unânime dos juízes

Alejandro Pérez derrotou Scott Jorgensen por nocaute técnico (lesão) a 4m26s do R2;

Andre Fili derrotou Gabriel Benitez por nocaute a 3m13s do R1;

Alvaro Herrera derrotou Vernon Ramos por nocaute a 30seg. do R1;

Marco Polo Reyes derrotou Cezar Arzamendia por nocaute a 3m42s do R1;

Michel Trator derrotou Valmir Bidu na decisão unânime dos juízes (29×28, 28×29, 29×28);

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments