Brasileiro dedica vitória no UFC a filha que tentou suicídio

Serginho Moraes viu sua filha adolescente, Beatriz, saltar do prédio e sofrer fraturas: ‘Não sei o que seria de mim se algo tivesse acontecido com ela’

Serginho comemora nocaute no UFC FN 80. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Serginho comemora nocaute no UFC FN 80. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

No UFC Fight Night 80, na última quinta-feira (10), o brasileiro Serginho Moraes mostrou bastante emoção após vencer Omari Akhmedov por nocaute. Veterano da primeira edição do TUF Brasil, em 2012, o faixa preta de jiu-jitsu dedicou o triunfo à sua filha adolescente, que recentemente tentou suicídio em Curitiba (PR).

Veja Também

UFC FN 80: Serginho rouba a cena com vitória por nocaute
Assista ao nocaute do ‘Argentino Gente Boa’ Santiago Ponzinibbio no UFC FN 80

Segundo o lutador, o episódio aconteceu poucas semanas após ele assinar o contrato para enfrentar Akhmedov. Beatriz, de 13 anos, pulou do quarto andar do prédio onde moram, mas sobreviveu, fraturando o pé e a coluna.

“Foi um grande choque quando isso aconteceu. Ela é o meu bebê. A tive quando eu tinha 19 anos, então não somos como pai e filha. Eu sou como um irmão mais velho. Nós nos divertimos o tempo todo. Mas imagina só… Não sei o que seria de mim se algo tivesse acontecido com ela”, disse o lutador, em entrevista ao site “MMA Fighting”.

“Mas eu não pensei em cancelar a luta. Eu disse ‘vou com tudo para mostrar a ela que conseguios fazer o que quisermos’. Todos sofrem tropeços na vida, mas você precisa fazer a diferença e ficar de pé”, acrescentou o lutador.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments