UFC FN 80: Serginho rouba a cena com vitória por nocaute

Marreta surpreende e tira invencibilidade de Theodorou; luta de Cara de Sapato termina em no-contest com dedada acidental

Serginho comemora nocaute no UFC FN 80. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Serginho comemora nocaute no UFC FN 80. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Os veteranos do TUF Brasil vivenciaram sensações distintas no octógono do UFC Fight Night 80, evento realizado nesta quinta-feira (10), na abertura da maratona de atrações em Las Vegas, nos Estados Unidos. Veterano da temporada inaugural, Serginho Moraes comemorou vitória por nocaute, enquanto que Antônio Cara de Sapato, campeão da terceira edição, viu seu combate terminar de forma relâmpago com um no-contest.

Veja Também

Com encarada séria, Edgar e Mendes confirmam duelo de ‘vítimas de Aldo’
Vídeo: Antes do UFC 194, confira três curiosidades sobre José Aldo
Vídeo: Antes do UFC 194, confira três curiosidades sobre Conor McGregor

Serginho não teve vida fácil e precisou sobreviver a um castigo de Omari Akhmedov, que chegou perto de nocautear no primeiro round. O russo pegou o brasileiro com um belo contra-ataque, com um soco na têmpora, o que quase definiu o combate. No entanto, o pupilo de André Dida foi mais agressivo em pé no terceiro assalto e conseguiu virar o jogo, aplicando um nocaute técnico no oponente com socos certeiros.

Cara de Sapato teve participação rápida no octógono em Las Vegas. Logo nos segundos iniciais de seu combate contra Kevin Casey, o campeão do TUF Brasil 3 aplicou uma dedada acidental no olho do norte-americano, o que provocou a interrupção imediata do árbitro. Casey, com o olho sangrando, relatou que não conseguia enxergar, o que fez com que o combate fosse decretado no-contest, ou seja, luta sem resultado.

O evento em Las Vegas também teve a derrota de Johnny Eduardo para Aljamain Sterling e as boas vitórias do argentino Santiago Ponzinibbio diante de Andreas Stahl e de Thiago Marreta sobre Elias Theodorou.

Luta entre Cara de Sapato e Casey terminou em no-contest. Jeff Bottari/Zuffa LLC

Luta entre Cara de Sapato e Casey terminou em no-contest. Jeff Bottari/Zuffa LLC

Marreta tira a invencibilidade de canadense

Thiago Marreta surpreendeu as bolsas de aposta e desbancou o favorito Elias Theodorou, campeão do TUF Nations. O brasileiro conseguiu impor seu jogo ao longo dos 15 minutos de ação e levou a melhor na decisão dos juízes.

Theodorou começou com mais iniciativa, desferindo chutes plásticos, embora pouco eficientes. A partir do segundo assalto, o canadense tentou agarrar Marreta e levar o combate ao solo, mas sem sucesso. Dali em diante, Marreta conseguia aproveitar as brechas e contragolpear, o que inclusive abriu um gigantesco corte acima do supercílio direito de Theodorou. 

Ao fim da luta, todos os juízes deram a vitória de Marreta sobre o canadense, que, assim, conheceu a primeira derrota de sua carreira profissional.

Sterling bate Eduardo e segue invicto

Sterling finalizou Eduardo. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC/

Sterling finalizou Eduardo. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC/

No duelo de gerações entre os pesos galos, melhor para o mais jovem. Aljamain Sterling, de 26 anos, fez uma luta bastante tática diante do brasileiro Johnny Eduardo, 37, e venceu sem correr grandes riscos, com uma finalização no segundo round.

Ciente da trocação afiada do brasileiro, Sterling, parceiro de treinos de Chris Weidman, evitou partir para a luta franca, mantendo a distância e sabendo a hora certa de atacar. Em momentos oportunos tanto no primeiro quanto no segundo rounds, o norte-americano obteve a queda e trabalhou de forma perigosa no ground and pound. Eduardo, porém, tentou se levantar e acabou deixando seu pescoço exposto, permitindo a guilhotina de Sterling.

“Argentino Gente Boa” massacra no primeiro round

Santiago comemora vitória em Las Vegas. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

Santiago comemora vitória em Las Vegas. Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

O argentino Santiago Ponzinibbio, que ganhou fama com a torcida graças a sua participação no TUF Brasil 2, também marcou presença no UFC Fight Night 80. O “Argentino Gente Boa” massacrou Andreas Stahl e reencontrou o caminho das vitórias com m nocaute ainda no primeiro round.

Ponzinibbio ditou o ritmo de praticamente toda a luta. Stahl se mostrava acuado e tentava, sem sucesso, levar a luta ao solo. O argentino se mantinha em pé e minava o rival com chutes e socos, e liquidou a fatura aos 4min25s de ação, com um soco certeiro. Ponzinibbio comemorou a vitória com uma bandeira meio argentina, meio brasileira, e dedicou o triunfo a toda a América Latina.

Confira os resultados do UFC FN 80:

CARD PRINCIPAL

Até 52,1kg: Rose Namajunas finalizou Paige VanZant com um mata-leão aos 2min25s do R5

Até 70,3kg: Michael Chiesa finalizou Jim Miller com um mata-leão aos 2min57s do R2

Até 70,3kg: Sage Northcutt finalizou Cody Pfister com uma guilhotina aos 41s do R2

Até 84,0kgThiago Marreta derrotou Elias Theodorou na decisão unânime dos juízes (29 a 28, 29 a 27 e 29 a 27)

CARD PRELIMINAR

Até 77,0kg: Tim Means nocauteou John Howard por nocaute (soco) aos 21s do R2

Até 77,0kgSérgio Moraes derrotou Omari Akhmedov por nocaute técnico (socos) aos 2min18s do R3

Até 84,0kgAntônio Carlos Cara de Sapato x Kevin Casey: no-contest após dedada acidental no olho aos 11s do R1

Até 61,2kg: Aljamain Sterling finalizou Johnny Eduardo com uma guilhotina aos 4min18s do R2

Até 77,0kg: Santiago Ponzinibbio nocauteou Andreas Stahl com socos aos 4min25s do R1

Até 77,0kg: Danny Roberts finalizou Nathan Coy com um triângulo aos  2min46s do R1

Até 65,7kg: Zubaira Tukhugov derrotou Phillipe Nover na decisão dividida dos juízes (30 a 27, 30 a 27 e 28 a 29)

Até 52,1kg: Kailin Curran finalizou Emily Kagan com um mata-leão aos 4min13s do R2

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments