Empresário nega veto a McGregor de equipe brasileira: ‘Isso não é verdade’

Agente do lutador irlandês afirmou que jamais fez contato a respeito com time de Rafael Cordeiro: ‘Estão contando mentiras a Werdum’

C. McGregor (foto) não pediu para treinar na Kings, diz agente. Foto: Josh Hedges/UFC

C. McGregor (foto) não pediu para treinar na Kings, diz agente. Foto: Josh Hedges/UFC

O campeão dos pesos pesados do UFC, Fabrício Werdum, afirmou recentemente que a equipe onde treina, a Kings MMA, recusou receber Conor McGregor para afiar seu jogo em pé antes de enfrentar José Aldo no UFC 194. Contudo, o empresário do lutador irlandês, Audie Attar, negou que isso tenha acontecido.

Veja Também

Werdum revela veto a McGregor em equipe brasileira: ‘A gente ia quebrá-lo’
Treinador de McGregor projeta luta pelo cinturão dos leves em abril
Dono do UFC: McGregor será o primeiro lutador a ganhar US$ 100 milhões

Segundo Werdum, o time liderado pelo treinador Rafael Cordeiro jamais aceitaria preparar um atleta para enfrentar Aldo, amigo dos membros da equipe. Attar, em contrapartida, declarou que não pediu um treino para McGregor, já que o novo campeão peso pena do UFC se mantém fiel à sua academia de longa data, a Straight Blast Gym, de John Kavanagh. O empresário afirmou que o único contato que fez com Cordeiro foi a respeito de um treino para outro atleta que agencia, o peso médio do UFC Uriah Hall.

“Não é verdade. O único contato que meu escritório fez com a Kings foi para ver se Uriah Hall poderia treinar lá, mas ninguém me retornou quanto a isso. Nós nunca iríamos fazer essa ligação para Conor, já que ele não treina com alguém que não seja seu treinador, John Kavanagh, ou seus companheiros de academia. Ele mantém um círculo pequeno, então alguém está inventando histórias e contando mentiras a Werdum. Tenho o maior respeito por Rafael e sua academia, mas isso não é verdade”, esclareceu Attar, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

No último sábado (12), McGregor se tornou o único campeão da divisão até 66 kg do UFC ao bater Aldo em incríveis 13 segundos, por nocaute. Com isso, o irlandês se mantém invicto dentro do octógono, com sete vitórias em sete lutas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments