Ucraniano do UFC é proibido de entrar em seu país-natal por questões de ‘segurança nacional’

Alexey Oleinik se naturalizou russo e foi impedido de retornar para casa; lutador fez duras críticas ao atual governo da Ucrânia

Alexey (foto) tem duas lutas e duas vitórias no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

Alexey (foto) tem duas lutas e duas vitórias no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

Nos últimos meses, o clima de tensão tem se intensificado entre os países vizinhos Rússia e Ucrânia, gerando inclusive alguns conflitos nas regiões limítrofes das duas nações. O desacordo entre russos e ucranianos acabou sendo a motivação para o banimento do lutador peso pesado do UFC Alexey Oleinik de seu país-natal.

Veja Também

Anderson enfrenta Bisping na luta principal do UFC Londres, em fevereiro
Anderson Silva mira reconquistar o cinturão: ‘Bisping será um grande teste’
Bisping provoca Anderson: ‘Nos vemos em Londres, mas deixe o viagra de fora’

Hoje com 38 anos de idade, mas naturalizado russo desde que começou carreira no MMA, Oleinik foi considerado uma “ameaça à segurança nacional ucraniana” e teve sua entrada no país proibida pelas autoridades locais. “Na verdade, a única coisa que posso falar sobre essa sentença é que ela é absurda. O poder na Ucrânia foi ilegalmente invadido por criminosos e agora eles estão fazendo o que querem. E mesmo se eu puder ou não puder estar lá tanto faz, porque eu raramente visitava o país. Seria melhor se eles tomassem conta do bem-estar dos cidadãos e trouxessem de volta pelo menos no nível que estava anteriormente. Agora eles estão preocupados com coisas populistas, tentando fazer pessoas respeitáveis personagens malignos”, disse o lutador, em entrevista ao site “MK”.

Aos 38 anos, Alexey Oleinik (ou Oleksiy Oliynyk, como era seu nome ucraniano) tem um vasto cartel profissional de 50 vitórias, nove derrotas e um empate. O peso pesado assinou com o UFC logo após bater o lendário Mirko Cro Cop no evento Legend Fight Show 2, realizado em novembro de 2013. Na maior organização do planeta, Oleinik venceu Anthony Hamilton e Jared Rosholt. O russo, no entanto, não luta desde novembro de 2014 e vem se recuperando de uma série de problemas no joelho.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments