UFC demite Maldonado e mais dois brasileiros em ‘barca’ de oito lutadores

Kevin Souza e Ericka Almeida também foram dispensados pelo evento; "Caipira de Aço" pode até voltar a lutar boxe

Maldonado (foto) é o principal nome entre os oito demitidos. Foto: Josh Hedges/UFC

Maldonado (foto) é o principal nome entre os oito demitidos. Foto: Josh Hedges/UFC

Mais uma vez, o Ultimate demitiu um grande grupo de lutadores e, infelizmente para os torcedores brasileiros, três atletas tupiniquins fazem parte da “barca”. Entre o trio cortado, o principal nome é o peso meio-pesado Fábio Maldonado, um dos representantes mais carismáticos e queridos do público.

Veja Também

UFC cancela evento que seria realizado no Rio em março
Sócio do UFC celebra lucro bilionário em 2015
Aoki massacra Sakuraba no primeiro dia do Rizin

Além de Maldonado, os outros dois brasileiros demitidos foram Kevin Souza e Ericka Almeida. A lista de cortados conta ainda com ouros cinco nomes. São eles: Chico Camus, Bubba Bush, Mickael Lebout,  Vernon Ramos e Jumabieke Tuerxun.

O empresário de Maldonado, Alex Davis, lamentou o momento escolhido pelo Ultimate para anunciar o corte e disse que o “Caipira de Aço” pode até voltar a lutar boxe. “Tenho certeza de que ele volta a lutar, fará grandes lutas e estará na mídia. Tem várias promoções interessadas e foi uma pena deixarem para cortar agora, senão ele lutava no Japão (no Rizin). Ainda existe a possibilidade do Maldonado voltar a lutar boxe também”, disse, ao site do canal “Combate”.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments