Sócio do UFC celebra lucro bilionário em 2015

Lorenzo Fertitta diz que temporada foi a mais lucrativa da história da organização, com vários atletas com salários ‘multimilionários’

Lorenzo Fertitta comemorou ano lucrativo do UFC. Foto: Divulgação

Lorenzo Fertitta comemorou ano lucrativo do UFC. Foto: Divulgação

Veja Também

Aldo apoia ideia de salário fixo aos lutadores do UFC
Dono do UFC: McGregor será o primeiro lutador a ganhar US$ 100 milhões
Lutadores reclamam de cifras de patrocínio com a Reebok e relatam perdas financeiras

O UFC chega ao fim do ano de 2015 em estado de graça. Sócio da principal organização de MMA do planeta, Lorenzo Fertitta garante que a temporada foi a mais lucrativa de toda sua história, com ganhos que superam R$ 2,3 bilhões desde janeiro.

Em entrevista à emissora norte-americana “CNN”, Fertitta não entrou em detalhes sobre as finanças da empresa, mas assegurou que o saldo final foi mais do que positivo. “Como nós somos uma empresa privada, não vamos falar muito em lucros, mas nós vamos gerar cerca de US$ 600 milhões no ano de 2015, o que é um recorde para a companhia. Isso é um crescimento significativo em comparação a 2014”, contou Lorenzo.

Fertitta, cuja empresa adquiriu as ações do UFC em 2001, contou que tal lucratividade faz com que um número inédito de atletas receba pagamentos milionários a cada luta. “O fato de nossos atletas de ponta estarem recebendo milhões de dólares mostra que o esporte cresce e que a compensação financeira acompanha isso. Vocês estão começando a ver que os rapazes e as garotas estão recebendo um pedaço maior deste bolo”, disse. “Acho que isso acontece em todos os esportes, em todos os negócios. São os atletas que fazem a diferença, é isso que faz com que as pessoas paguem. Eles comandam os dólares”, completou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments