Comissão da Califórnia proíbe desidratação antes das pesagens

Entidade coloca em vigor novo regulamento que permite que lutadores realizem exames específicos para detectar desidratação

Apesar de atrativas para o público, as pesagens no MMA são alvo de grande polêmica. Foto: Divulgação/UFC

Apesar de atrativas para o público, as pesagens no MMA são alvo de grande polêmica. Foto: Divulgação/UFC

Veja Também

Lutador de 21 anos morre durante corte de peso em evento de MMA na Ásia
ONE FC proíbe corte de peso após morte de lutador

A Comissão Atlética da Califórnia aprovou novas regras que pretendem mudar a forma como o MMA encara o corte de peso antes dos combates. A desidratação será proibida nas lutas sancionadas pela entidade, bem como a reidratação por meio de soro intravenoso.

A partir do dia 1º de março, a Comissão da Califórnia pedirá que médicos licenciados façam exames nos lutadores a fim de encontrar qualquer sinal de desidratação. Também serão feitos exames de urina justamente com a finalidade de detectar uma possível baixa quantidade de água no organismo.

Se o atleta em questão for reprovado nos testes, ele terá até três horas para a reidratação. Se nem assim for atingido um nível satisfatório, a luta será cancelada. Além disso, a Comissão também considera que o soro intravenoso não é necessário para que um atleta se reidrate de maneira adequada.

As regras serão colocadas em prática já no mês que vem. No entanto, por terem caráter emergencial, elas serão avaliadas por alguns meses para que, mais tarde, possam ser revistas caso necessário.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments