Na coletiva, Cigano é desafiado para luta no UFC 200 e aprova: ‘Por que não?’

Brasileiro reagiu com bom humor à provocação de Derrick Lewis, mas acenou positivamente para a possibilidade

Dos Santos na coletiva de imprensa na Croácia. Foto: Reprodução

Dos Santos na coletiva de imprensa na Croácia. Foto: Reprodução

Após conquistar sua primeira vitória em quase um ano e meio, batendo Ben Rothwell na luta principal do UFC Croácia neste domingo (10), Junior Cigano pode voltar ao octógono mais rápido do que se imagina. Na coletiva de imprensa após o evento, Cigano foi desafiado por Derrick Lewis, que também lutou no card, para uma luta no UFC 200, em julho, e acenou positivamente para a possibilidade.

Veja Também

Nos braços da torcida croata, Cigano domina Rothwell e volta a vencer no UFC
Em combate apertado, Lucas Mineiro vence no card preliminar do UFC Croácia
Algoz de Napão fatura bônus de performance no UFC Croácia

“Eu estou feliz que a divisão dos pesados esteja vivendo este momento e que haja tantos caras novos chegando, e fazendo o que eles estão fazendo, bagunçando tudo. Mas, é muito bom e, em algum ponto, eu acho que se eles continuarem a vencer como fizeram essa noite nós tenhamos que lutar uns contra os outros, e será um prazer…”, disse Cigano, que foi interrompido por Lewis.

“UFC 200, eu e você!”, disse o algoz do brasileiro Gabriel Napão na luta co-principal da noite. “Por que não?”, rebateu Cigano, que também riu do desafio.

O UFC 200 acontece no dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA). As principais lutas da noite até o momento são: a revanche entre Conor McGregor e Nate Diaz, a disputa do cinturão peso galo feminino entre Miesha Tate e a brasileira Amanda Nunes e o duelo pelo título interino dos penas entre José Aldo e Frankie Edgar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments