Técnico de McGregor põe em dúvida retorno do irlandês aos pesos penas

John Kavanagh também disse que torce para um bom retorno de José Aldo e rasgou elogios a Max Holloway

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

Com luta marcada na divisão de meio-médios (até 77 kg), na revanche diante de Nate Diaz no UFC 202, Conor McGregor ainda não tem previsão para defender pela primeira vez o cinturão dos pesos penas – que conquistou no fim do ano passado ao nocautear José Aldo. Na verdade, na opinião do técnico de McGregor, John Kavanagh, não está certo nem mesmo se o irlandês retornará à divisão de 66 kg.

Veja Também

Lesnar diz que McGregor é ótimo para o UFC: ‘Fala e faz’
Algoz de Thominhas avisa Cruz: ‘O nocautearia dez vezes em dez lutas’
Bisping diz que primeira defesa não será contra Rockhold: ‘Tenho outro nome em mente’

“A resposta mais curta e direta é: ‘Eu não sei’. Na verdade, eu estou bastante intrigado para ver a luta entre o Aldo e o Edgar”, disse Kavanagh ao site “MMA Underground”. O duelo pelo cinturão interino dos penas, aliás, foi um dos principais assuntos abordados pelo treinador, que se mostrou interessado em observar a forma como o brasileiro se recuperará do nocaute sofrido em dezembro do ano passado.

“Eu espero que o Aldo esteja completamente recuperado daquele nocaute severo. Eu acho que o Mendes voltou muito rápido depois de ser nocauteado pelo Conor. As pessoas não se dão conta do dano que aquilo faz, e demora muito tempo pra se recuperar. Eu acho que o Mendes caiu muito rápido naquela luta (contra o Edgar) por causa disso. Talvez, se ele tivesse se dado um tempo a mais para recuperar, poderia ter havido mais luta contra o Edgar. Eu espero que esse não seja o caso do Aldo, espero que vejamos uma versão sólida do Aldo e um Edgar ainda melhor, e tenhamos uma luta diferente da primeira. Então, sim, vejamos, depois dessa revanche. É meio que esses dois nomes e o Holloway ali no bolo, é um momento interessante”, assegurou o líder da SBG Ireland.

Kavanagh ainda rasgou elogios a Max Holloway, que vem com uma impressionante sequência de nove vitórias seguidas, desde que perdeu justamente para McGregor. “Eu acho que o Holloway foi fantástico no UFC 199. Eu sempre disse, desde que o Max lutou contra o Conor, que ele é o melhor peso pena da divisão. Eu acho que ele é o melhor deles. Essa é só minha opinião pessoal. E ele pareceu muito, mas muito bem mesmo contra o Lamas. Eu, na verdade, fiquei surpreso dele não ter nocauteado, mas o Lamas é um cara duro e então a luta foi para as papeletas. O Holloway se destacou naquela luta para mim”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments