Pesagem antecipada do UFC 200 tem drama e Anderson ‘levinho’

Vários atletas do card, incluindo Aldo, Cormier e Miesha, precisam usar a toalha para confirmar suas lutas no evento deste sábado (9)

A. Silva (foto) já tem sua defesa pronta para julgamento de doping. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Silva (foto) já tem sua defesa pronta para julgamento de doping. Foto: Josh Hedges/UFC

Muitos consideram que o novo formato de pesagem antecipada diminuiu o drama da véspera dos eventos do UFC. No entanto, não foi isso que aconteceu nesta sexta-feira (8), na pesagem oficial para o histórico evento UFC 200, que acontece neste sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Veja Também

O que mudou no MMA do UFC 100 para o UFC 200?
Joanna é favorita contra Gadelha nas apostas para duelo
‘Estou aqui para me testar, não para provar nada’, diz Anderson, sobre luta com Cormier

Durante a cerimônia, que aconteceu pela manhã no horário local, alguns dos principais atletas do card precisaram usar toalhas e ficar nus para atingir o peso necessário para a confirmação das lutas.

Isso aconteceu, por exemplo, com José Aldo e Daniel Cormier, que enfrentam, respectivamente, Frankie Edgar e Anderson Silva no card principal. Aldo inicialmente anotou 66 kg exatos, cerca de 0,2 kg acima do limite da categoria. O brasileiro, então, ficou nu para perder o peso restante.

Cormier, por sua vez, se pesou diretamente com a toalha e registrou 93,4 kg. Como o combate com Anderson não vale título, o norte-americano foi liberado para lutar – caso houvesse cinturão em jogo, o peso limite seria de 93 kg.

Outro momento tenso envolveu a luta principal do evento. Campeã peso galo feminino, Miesha Tate por pouco não perdeu a hora da pesagem, já que subiu na balança nos minutos finais da janela de duas horas disponibilizada aos atletas. A norte-americana se pesou nua e anotou 61 kg, confirmando a luta contra Amanda Nunes.

Porém, Anderson Silva esteve completamente alheio ao drama e demonstrou uma enorme tranquilidade. O ex-campeão dos médios se pesou de roupa e ficou muito abaixo do peso limite da categoria, anotando 90 kg. No fim, o único a falhar foi o ex-campeão dos meio-médios Johny Hendricks, que ficou pouco acima dos 77,5 kg permitidos.

A cerimônia oficial com a leitura de todos os pesos, mais a encarada dos atletas, acontecerá às 19h pelo horário de Brasília.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments