Revanche com McGregor deverá ser em Nova York, diz Aldo

Brasileiro alerta, contudo, que plano depende de nova vitória de Diaz sobre o irlandês no mês que vem

Aldo (esq.) x McGregor (dir.) se enfrentaram no UFC 194. Foto: Josh Hedges/UFC

Aldo (esq.) x McGregor (dir.) se enfrentaram no UFC 194. Foto: Josh Hedges/UFC

Ao conquistar o cinturão interino dos penas do UFC, José Aldo praticamente garantiu seu direito de revanche contra Conor McGregor. E, de acordo com o brasileiro, a chance é grande de a tão aguardada segunda parte do duelo acontecer na estreia do Ultimate em Nova York, no dia 12 de novembro.

Veja Também

UFC 200: Aldo espanta fantasma, bate Edgar e conquista cinturão interino
José Aldo descarta aposentadoria até revanche contra McGregor
‘McGregor encarou luta com Diaz como um circo’, admite treinador

Aldo considera ser este o plano do UFC, mas ressalta: tudo depende do resultado da luta entre McGregor e Nate Diaz, que encabeça o UFC 202, no dia 20 de agosto. “Se ele [McGregor] perder, é muito provável que nos coloquem pra lutar no dia 12 de novembro, no Madison Square Garden. A comunidade irlandesa por lá é enorme. Mas, se ele vencer, acho que vã fazer uma terceira luta entre eles, o que arruína todos os meus planos”, disse o brasileiro, em entrevista coletiva reproduzida pelo site “MMA Fighting”.

O lutador acredita, no entanto, que Diaz se sagrará vencedor novamente. “Se tivesse que apostar, seria em Nate. Até onde eu vi, ele é bem maior, mais forte e está treinando. Da outra vez, ele aceitou a luta com pouca antecedência e ainda assim conseguiu vencer. Bem treinado, é difícil para McGregor”, analisou.

Aldo perdeu o cinturão dos penas do UFC com um nocaute relâmpago contra McGregor, em dezembro do ano passado. Dali em diante, os dois seguiram rumos distintos: McGregor subiu de peso para enfrentar Diaz no UFC 196, mas acabou finalizado; já Aldo bateu Frankie Edgar no UFC 200 para conquistar o cinturão interino.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments