‘McGregor encarou luta com Diaz como um circo’, admite treinador

John Kavanagh, técnico principal do irlandês, confessa que seu pupilo não encarou com seriedade combate de março

Diaz finalizou McGregor no segundo round no UFC 196. Foto: Divulgação

Diaz finalizou McGregor no segundo round no UFC 196. Foto: Divulgação

O duelo entre Conor McGregor e Nate Diaz, que encabeçou o UFC 196, em março, foi uma das lutas que mais repercutiram no MMA nos últimos anos. E o treinador principal do lutador irlandês, John Kavanagh, colocou ainda mais lenha na fogueira ao admitir que seu pupilo, derrotado no combate por finalização, não encarou a luta com a devida seriedade.

Veja Também

Técnico de McGregor põe em dúvida retorno do irlandês aos pesos penas
Técnico garante: apesar de revanche contra Diaz, McGregor ainda enfrentará Mayweather
McGregor treina com fera do jiu-jitsu para revanche com Diaz

Poucos meses antes de enfrentar Diaz, McGregor havia derrotado José Aldo de maneira avassaladora para se tornar o primeiro lutador da Irlanda a ser campeão do UFC. Isso, de acordo com Kavanagh, fez com que todos os membros da equipe do lutador perdessem o foco momentaneamente no combate com Diaz.

“A luta com Aldo teve um resultado tão grande para a equipe e para o país que todos nós tiramos o pé do acelerador. Então, fomos direto para outra luta, e é difícil explicar a mentalidade que tínhamos. Era como se fosse um circo, quase como uma luta de mentirinha. Era meio que: ‘Ah, você vai acertá-lo uma vez, ele irá cair e depois continuaremos com a jornada para ter a luta com [Rafael] Dos Anjos, porque é isso que importa’”, confessou, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

McGregor terá nova chance de derrotar Diaz no dia 20 de agosto, na luta principal do UFC 202, em Las Vegas (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments