McGregor recebe o maior salário da história do UFC

Irlandês, que derrotou venceu a luta principal do UFC 202, recebeu US$ 3 milhões para subir ao octógono; Diaz leva US$ 2 milhões

Conor (foto) superou Diaz no UFC 202. Foto: Josh Hedges/UFC

Conor (foto) superou Diaz no UFC 202. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

UFC 202: McGregor bate Diaz em luta épica, vinga derrota e avisa: ‘O rei voltou!’
Vídeo: Assista aos melhores momentos de McGregor x Diaz 2

Além de derrotar Nate Diaz e vingar a única derrota que sofreu no octógono, Conor McGregor teve outro motivo para comemorar no UFC 202, na noite deste sábado (20): o irlandês recebeu a maior bolsa declarada de toda a história do Ultimate.

McGregor embolsou nada menos que US$ 3 milhões (R$ 9,6 milhões na cotação atual) apenas para subir no octógono. Isso bate o antigo recorde estabelecido por Brock Lesnar no UFC 200, no mês passado, quando levou para casa US$ 2,5 milhões de pagamento declarado.

Diaz, derrotado na luta principal, também recebeu um salário significativo. O norte-americano levou US$ 2 milhões (R$ 6,4 milhões), o que é o terceiro maior pagamento de toda a história do UFC.

Vale lembrar que tratam-se apenas dos valores declarados pelo UFC, sem incluir fatias da venda de pay-per-view, patrocínios ou demais bônus eventualmente pagos pela organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments