Frankie Edgar defende José Aldo, mas ressalta: “A vida não é justa”

Norte-americano diz já ter passado por situação semelhante ao do brasileiro, mas elogiou McGregor, a quem deseja enfrentar

Edgar (foto) enfrentou Aldo no UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

Edgar (foto) enfrentou Aldo no UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

As declarações de José Aldo sobre uma possível aposentadoria continua chamando a atenção não só dos fãs de MMA, mas também dos lutadores. Frankie Edgar, último adversário de Aldo, se pronunciou a respeito do episódio e demonstrou apoio ao brasileiro, destacando que nem sempre a meritocracia é posto em primeiro lugar.

Veja Também

O que Aldo pode fazer se confirmar sua aposentadoria do UFC?
José Aldo declara aposentadoria do MMA: ‘Cheguei no meu limite’
UFC oficializa brasileiro e mais quatro lutas para Nova York

“Eu entendo sua frustração. Eu já estive na mesma situação que ele, quando te prometem uma coisa e não cumprem. (O UFC) é um evento e as pessoas querem ver esses personagens. O que é mais importante nem sempre é a luta em que você está envolvido e é isso que está acontecendo agora com o Aldo. Ele provavelmente merecia uma chance de ser o campeão da divisão até 65,7 kg, porque Conor não vai mais descer, ou merecia ser o próximo a enfrentar o Conor. Mas as coisas são assim, você precisa lidar com elas, a vida não é justa”, disse em entrevista ao programa de rádio “The Luke Thomas Show” (EUA).

Apesar de não concordar com o atual cenário da divisão, Edgar exaltou a última apresentação de McGregor e se mostrou interessando em um eventual duelo com o irlandês.

“McGregor é o provável favorito. Eu fiquei muito impressionado com a sua segunda luta contra Nate Diaz, porque ele foi duro e mostrou raça. Não era típico do Nate cansar , mas eu sei que ele entrou na luta vindo de uma lesão, então isso influenciou também. Eu gostaria de testar meu wrestling contra qualquer um, mas especialmente contra Conor”, concluiu.

Após ser superado por Aldo na decisão unânime dos juízes no UFC 200, em julho, Frankie Edgar volta ao octógono contra Jeremy Stephens no UFC 205, dia 12 de novembro, em evento que marcará a estreia da organização em Nova York, justamente no mesmo card do confronto entre Conor McGregor e Eddie Alvarez.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments