Do Bronx sobre duelo contra Lamas: “Vou tentar dar um show”

Brasileiro enfrenta Ricardo Lamas no próximo sábado (5), na terceira luta mais importante do UFC México

C. Oliveira enfrenta R. Lamas no UFC Méxido, dia 5 de novembro. (Foto: Getty Images)

C. Oliveira enfrenta R. Lamas no UFC Méxido, dia 5 de novembro. (Foto: Getty Images)

Após ser finalizado por Anthony Pettis em sua última luta, em agosto passado, Charles Oliveira “Do Bronx” retorna ao octógono no próximo sábado (05) contra Ricardo Lamas, na terceira luta mais importante do UFC México, evento que será liderado pelo duelo entre Rafael dos Anjos e Tony Ferguson. Embora tenha aceitado a luta com poucos dias de preparação, o brasileiro acredita que uma nova vitória o recoloca entre os principais nomes da categoria dos penas.

Veja Também

Rival de Charles Do Bronx provoca: “Ele quebra mentalmente”
Do Bronx encara Lamas no UFC Cidade do México

“A gente estava parado e a oportunidade apareceu, não se pode desperdiçar. É uma grande luta, e vencendo vou voltar a brigar pelo topo da categoria”, disse Charles em entrevista ao site do ‘UFC Brasil’.

Além de Lamas, Charles tem outra preocupação para o combate de sábado: a famosa altitude de mais de 2 mil metros da Cidade do México, fator que pode ser prejudicial no gás do lutador durante a luta.

“Peguei essa luta em cima da hora, então estamos focando no que dá e tentando evoluir. Estamos forçando na preparação física, fazendo algumas coisas para poder me manter bem lá, mas a gente sabe que vai ser ruim e que todos vão sentir. Vou tentar vencer o mais rápido possível para não dar chance de a altitude atrapalhar”, falou Oliveira.

Questionado sobre qual será a estratégia para sair com a vitória, “Do Bronx” não escondeu o jogo e revelou que a intenção é “andar para frente e dar show para o público”.

“Ele é um lutador completo, tem um wrestling muito bom, é bom na parte de jiu-jítsu e em pé. Ele respeita o adversário. Eu vou ser paciente, trabalhando a trocação e tentando fazer o que eu faço de melhor, que é meu jiu-jítsu. Tenho certeza que vai ser uma grande luta. Vou andar para frente o tempo todo e tentar dar um show, que é o que o público quer ver”, concluiu.

Aos 27 anos, Charles tem um cartel de 21 vitórias e seis derrotas no MMA profissional. No UFC, são nove resultados positivos e seis negativos, além de uma luta sem resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments