McGregor anuncia que será pai e pede para ser sócio do UFC

Irlandês também revelou intenção de ser proprietário do Ultimate e reclamou dos novos proprietários da companhia

McGregor encerrou o mistério e revelou que será pai em 2017. (Foto: Getty Images)

McGregor encerrou o mistério e revelou que será pai em 2017. (Foto: Getty Images)

Acabou o segredo. Depois de muito suspense em torno da aguardada revelação que Conor McGregor faria após o UFC 205, realizado neste sábado, em Nova York (EUA), o irlandês confirmou os boatos e encerrou o mistério: ele será pai no início de 2017.

Veja Também

Atuação impecável rende a McGregor bônus de US$ 50 mil
Vídeo: Assista os melhores momentos de McGregor x Alvarez no UFC 205
McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205
UFC 205 – Eddie Alvarez x Conor McGregor – Resultados

“Há algumas bombas que queria soltar. Um dos anúncios é que serei pai no começo do ano que vem. Estou cagando nas calças, não sei o que terei de fazer, porque não quero trazer meu filho ao mundo no meio disso tudo, não quero que isso vire um daqueles reality shows de celebridade, odeio isso! Não quero fazer minha família passar por isso. Quero que esse bebê seja muito feliz, vou tirar um tempo e ver como vai ser”, declarou durante a coletiva de imprensa após o UFC 205.

Contudo, a revelação misteriosa não parou por aí. Após nocautear Eddie Alvarez na luta principal da noite e fazer história ao se tornar o primeiro lutador a conquistar dois cinturões simultâneos no UFC (peso pena e pelo leve), Conor McGregor disse que tem planos de se tornar uma espécie de sócio do Ultimate. Responsável pelas maiores vendas de pay-per-view da história da organização, Conor quer receber uma uma parcela dos lucros gerais da companhia.

Os novos proprietários não vieram falar comigo desde que a companhia foi vendida, e, como um homem de negócios, eu conquistei algo. Quem é o dono da companhia agora? Há pessoas que compraram parcelas, cadê minha parte? Cadê minha participação? Eles precisam vir até mim. Estou formando uma família, com um filho a caminho, quero ser proprietário, conquistei isso. Quero a parte que mereço”, provocou o lutador.

Questionado se o tempo que ficará afastado tem relação com alguma lesão, o irlandês fez questão de ressaltar que não, que a decisão é exclusivamente em virtude de sua família.

“Eu estou novinho. Minha mão esquerda e meu pé esquerdo estavam machucados depois da luta contra Nate Diaz. Eu encontrei formas de lutar apesar disso. Você sofre machucados nessas guerras. Mas eu tenho várias formas de atacar e ganhar. Mas agora, para ser sincero, estou novo em folha. Não tenho nenhum arranhão! Para um jovem de 28 anos com todos os cinturões e todos os recordes, num jogo como este, posso continuar fazendo isso o dia inteiro. Mas, sou um homem de palavra, tenho uma família vindo, então quero o que é meu, se me quiserem de volta”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments