Alvarez se rende a McGregor: “Eu tiro meu chapéu, ele foi fenomenal”

Ex-campeão dos leves admitiu que irlandês foi melhor e enalteceu a importância do rival para o MMA

Alvarez foi nocauteado por McGregor na luta principal do UFC 205. (Foto: Getty Images)

Alvarez foi nocauteado por McGregor na luta principal do UFC 205. (Foto: Getty Images)

Nocauteado por Conor McGregor na luta principal do UFC 205, realizado neste sábado (12), em Nova York, Eddie Alvarez se rendeu ao talento do rival. O norte-americano reconheceu que McGregor foi melhor e enalteceu a importância do irlandês para o esporte, que agora detém os cinturões dos pesos pena e leve da organização.

Veja Também

McGregor anuncia que será pai e pede para ser sócio do UFC
Atuação impecável rende a McGregor bônus de US$ 50 mil
McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205
UFC 205 – Eddie Alvarez x Conor McGregor – Resultados

“Eu estou nesse jogo há anos, nunca me defini por uma vitória nem nunca vou me definir por uma derrota. O jogo é assim. Algumas vezes você vence loucamente, depois você perde. Depois você coloca seu terno e vai responder questões. É incrível o que McGregor fez. Eu tiro meu chapéu para ele, ele foi fenomenal e continua fazendo um íncrivel trabalho para o MMA”, admitiu Alvarez, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’ (EUA) logo após sua derrota.

Questionado sobre sua atuação, Eddie foi sinceiro ao dizer que adotou a estratégia errada e acabou pagando caro por isso. “Eu lutei uma luta ruim. Aquilo foi estúpido, foi idiota. A ideia não era que eu fosse lá e trocasse com ele. Eu não usei wrestling o bastante. O plano era que eu fosse lá e o derrubasse. Era óbvio, derrubar um boxeador, e eu não fiz isso. Não sei por não fiz isso, e acabou que paguei por isso. Ele simplesmente capitalizou em cima”, analisou o ex-campeão.

“Foi a velocidade dele que me pegou. No primeiro knockdown que tomei, eu me lembro de estar sentado pensando no quão rápido tinha sido aquilo. Seja lá o que for, foi rápido. Eu já estiva lá muitas vezes na minha carreira, já fui derrubado várias vezes, eu não entro em pânico. Me recompus e fui lá de novo. Simplesmente a velocidade e o timing dele estavam muito bons”, completou Alvarez, enaltecendo, mas uma vez, as habilidades de McGregor.

Eddie Alvarez e McGregor fizeram a luta principal UFC 205, evento que contou com três disputas de cinturão e marcou a estreia da organização no histórico ginásio Madison Square Garden.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments