McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205

Irlandês nocauteou no segundo round da luta principal do UFC 205 e se torna o primeiro lutador da história a conquistar dois cinturões simultâneos no Ultimate

McGregor agora é campeão peso pena e peso leve do UFC. (Foto: Getty Images)

McGregor agora é campeão peso pena e peso leve do UFC. (Foto: Getty Images)

A história está escrita. Depois de muitas provocações, Conor McGregor, que já era o campeão peso pena do UFC, cravou seu nome entre os maiores de todos os tempos ao se tornar o primeiro lutador a conquistar dois cinturões simultâneos da organização. Com uma atuação impecável, McGregor deu show no octógono e nocauteou Eddie Alvarez aos 3m4s do segundo round na luta principal do UFC 205, neste sábado, em Nova York (EUA), sagrando-se o novo campeão peso leve da organização.

“Onde está o meu segundo cinturão? Eu rendo 4,2 bilhões de dólares a vocês e vocês não me dão a p… do meu cinturão? Acabei de ganhar e vocês já querem tirá-lo de mim. Eles não estão no meu nível. É melhor vocês melhorarem de tamanho, peso ou o que for, porque senão eu vou acabar com vocês todos. Eddie é um guerreiro, mas não deveria estar aqui comigo. Obrigado por virem, eu amo todos vocês. Passei muito tempo falando mal de muita gente, ridicularizei muita gente aqui, mas gostaria de não pedir desculpas a absolutamente ninguém”, disparou McGregor na entrevista pós-luta.

Veja Também

UFC 205: Woodley empata com Thompson e mantém o cinturão dos meio-médios
UFC 205: Tate é derrotada por Pennington e anuncia aposentadoria do MMA
UFC 205: Em duelo eletrizante, Edgar vence Stephens na última luta do card preliminar
UFC 205 – Eddie Alvarez x Conor McGregor – Resultados

Assim como McGregor, a edição realizada no Madison Square Garden também já está marcada como um dos maiores eventos de todos os tempos. Com três disputas de títulos e batalhas eletrizantes, o evento ficará gravado por muito tempo na memória dos fãs do esporte.

A luta

Alvarez começou com um chute baixo que desequilibrou McGregor. O combate seguia com bastante estudo de ambas as partes, até que um direto de esquerda de McGregor encontrou em cheio o resto de Alvarez, que caiu. O irlandês foi para cima para definir a luta, mas o americano se recuperou rápido e ficou em pé novamente. Mas não por muito tempo. Conor acertou outro golpe limpo de esquerda em Alvarez, que caiu novamente. Por baixo, Eddie escondeu o rosto e conseguiu se levantar. Com a luta em penosamente, Alvarez, visivelmente abalado, seguia sendo encurralado pelo irlandês, que continuava castigando o rival com golpes certeiros até o fim do round.

A luta recomeçou com McGregor dominando o centro do octógono e acertando um bom direto de esquerda em Alvarez, que sentiu novamente. Procurando desestabilizar emocionalmente o adversário, Conor colocou as duas mãos para trás, mas Eddie não entrou em seu jogo. Na sequência, McGregor aplicou uma linda combinação de golpes e derrubou Alvarez. Com o americano caído, foi preciso só mais alguns golpes para sacramentar a vitória e colocar seu nome na história do UFC.

UFC 205
Peso leve: Conor McGregor venceu Eddie Alvarez por nocaute técnico aos 3m4s do R2 (disputa de cinturão)

Peso meio-médio: Tyron Woodley x Stephen Thompson foi declarado empate majoritário (47×47, 47×47, 48×47) (disputa de cinturão)

Peso palha: Joanna Jedrzejczyk venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime dos juízes (49×46, 49×46, 49×46) (disputa de cinturão)

Peso médio: Yoel Romero venceu Chris Weidman por nocaute técnico aos 24 segundos do R3

Peso galo: Raquel Pennington venceu Miesha Tate por decisão unânime dos juízes ((29×28, 30×27, 30×27)

CARD PRELIMINAR

Peso pena: Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×28)

Peso leve: Khabib Nurmagomedov venceu Michael Johnson por finalização (kimura) aos 2m31s do R3

Peso médio: Tim Boetsch venceu Rafael Sapo por nocaute técnico aos 3m22s do R1

Peso meio-médio: Vicente Luque venceu Belal Muhammad por nocaute técnico aos 1m19s do R1

Peso leve: Jim Miller venceu Thiago Pitbull por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27)

Peso galo: Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments