Treinador de McGregor diz que Aldo como campeão linear dos penas “é ridículo”

Kavanagh defende Conor, diz que Ultimate se precipitou em tirar o cinturão peso pena do irlandês e julga atitude como ridícula

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

Veja Também

Vídeo: Treinador de McGregor arranja confusão em campeonato de jiu-jítsu
Aldo chama McGregor de frouxo e garante: “Nunca deixei de ser campeão”
Aldo ‘tira’ cinturão de McGregor e Pettis x Holloway vale título interino dos penas

John Kavanagh, principal treinador de Conor McGregor, quebrou o silêncio e deu sua opinião sobre a atitude do UFC em retirar o cinturão dos penas de seu pupilo e, consequentemente, efetivar o brasileiro José Aldo como novo campeão linear da categoria. Kavanagh não escondeu sua decepção com a companhia, e jugou a decisão como ‘ridícula’.

“Para mim, pessoalmente, fiquei muito decepcionado com como eles fizeram isso. Foi um conjunto de circunstâncias muito complicado que os levou a fazer isso. Eles perderam um evento principal (do UFC 206) e casualmente criaram um novo evento principal. Eles sentiram que precisavam que valesse um título para poder vender, então trouxeram outro cinturão interino que José Aldo já tem, e promoveram José Aldo a atual campeão absoluto, o que me parece ridículo”, declarou Kavanagh, de acordo com o site “Severe MMA”.

Para John, não há justificativa para que Conor perdesse o cinturão, pois, segundo ele, existem outros atletas que não defendem seus títulos há mais tempo que o irlandês. “Conor só está há 11 meses com aquele título. Há muitos, muitos exemplos de lutadores esperando 15 meses, 18 meses antes de defendê-lo. Ele está há 11 meses e tiraram dele. Achei que foi muito prematuro da parte do UFC como agiram”, concluiu o treinador.

Mesmo sem o título da divisão dos penas, o futuro de McGregor segue sendo uma incógnita.  A tendência é que ele defenda o cinturão dos leves contra Tony Ferguson, Khabib Nurmagomedov ou até mesmo com seu rival Nate Diaz, no entanto, não está descartada uma possível subida de categoria para desafiar Tyron Woodley, campeão dos pesos meio-médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments