Aos 41, Anderson Silva pretende lutar por mais sete anos

Brasileiro falou também de luta com Brunson e do desejo de enfrentar Conor McGregor

Anderson (foto) volta no UFC 208 Foto: Brandon Magnus/UFC

Anderson (foto) volta no UFC 208 Foto: Brandon Magnus/UFC

Veja Também

Mesmo aos 41 anos e com duas derrotas seguidas pela primeira vez no UFC, Anderson Silva não mostra sinais de estar sequer pensando em aposentadoria. O ex-campeão peso médio disse que se vê lutando por muito mais tempo, até sete anos, quando teria 48.

“Eu penso em honrar meu contrato com o UFC sim. Nós temos muitas lutas para fazer ainda e, com o apoio do UFC e da minha família, eu quero continuar lutando, talvez por mais sete anos”, comentou o Spider, em conferência por telefone antes do UFC 208.

PUBLICIDADE:

Anderson volta ao octógono no dia 11 de março, quando enfrenta Derek Brunson no UFC 208. Apesar de elogiar seu adversário, o brasileiro admitiu novamente que segue buscando uma luta contra Conor McGregor.

“A luta com o Brunson é boa para minha história no UFC. É um grande desafio, como tudo em minha vida (…) A luta com o Conor seria histórica para o UFC e eu o respeito muito, ele mudou tudo no esporte. Não quero desrespeitá-lo, apenas me desafiar. Respeito ele, mas acho que é o grande show, a grande luta para o resto da minha vida”, encerrou.

PUBLICIDADE:

Leia Mais sobre: , , ,


Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88