Bisping xinga Jacaré e Romero e elogia Whittaker: ‘Próxima luta’

Campeão dos médios volta a reclamar do brasileiro e diz que pretende enfrentar algoz do faixa-preta após Georges St. Pierre

M. Bisping (foto) diz que gostaria de enfrentar Whittaker (Foto: Josh Hedges/UFC)

M. Bisping (foto) diz que gostaria de enfrentar Whittaker (Foto: Josh Hedges/UFC)

A derrota de Ronaldo Jacaré no último sábado (15) não sai da cabeça de Michael Bisping. O campeão peso médio do UFC fez questão de zombar do brasileiro, enquanto fazia elogios a seu algoz, o neozelandês Robert Whittaker, que nocauteou o amazonense no segundo round do duelo entre os dois, válido pelo UFC Kansas.

Irritado com as críticas de Jacaré nos últimos meses, Bisping xingou o rival e disse que o brasileiro era “repugnante” e ainda criticou a trocação do campeão mundial de jiu-jitsu, dizendo que ele tinha a postura muito dura. Sobre Whittaker, o inglês admitiu que o neozelandês foi muito bem e é um possível adversário após sua luta contra Georges St. Pierre ainda sem data.

Veja Também

Elias Theodorou enfrenta Brad Tavares no TUF Finale 25, em julho
Árbitro se defende por interrupção em luta de Jacaré: ‘Sigo as regras’
St. Pierre não se preocupa com tamanho de Bisping: ‘Fará mais barulho ao cair’

“Jacaré se sentiu injustiçado e duvidou de mim por muito tempo, esse desgraçado repugnante do c****. Ele está caindo, nós vemos as performances dele ficando cada vez mais fracas. Robert Whittaker foi ótimo. O garoto vem com tudo, está indo muito bem. Robert Whittaker é digno de elogios. Sete vitórias em sequência, nocauteando alguns adversários. Ele foi ótimo contra o Jacaré. Eu nunca realmente pensei que Jacaré fosse bom, para ser sincero. Se Jacaré não consegue levar a luta para o chão, ele está f****. Ele luta muito mal em pé. Ele é muito duro, mas tem movimentos irregulares. Robert foi muito bem e me desafiou no microfone imediatamente depois. Não tenho problema em lutar contra ele”, comentou Bisping, em seu podcast “Believe You Me”.

Empolgado, o campeão dos médios do UFC também xingou Yoel Romero, postulante ao seu título e número um do ranking dos médios. O inglês disse que o cubano era um “trapaceiro” e que era mais justo que Whittaker tivesse uma chance pelo cinturão antes do “Soldado de Deus”, chegando a ameaçar uma recusa em enfrentar Romero.

“Yoel Romero é um trapaceiro, mentiroso e sujo. Se quiserem uma luta contra Whittaker depois que eu vencer GSP, nós podemos. Se não, vou lutar com Romero. Mas acho que vale mais a pena encarar Robert. Ele parou Jacaré, o que Romero não conseguiu. E Robert não testou positivo para o uso de esteroides, então acho que deveria encará-lo na próxima. Vamos começar oficialmente uma campanha para que eu lute contra Robert Whittaker depois que eu vencer GSP, porque ele é o lutador que mais vale a pena eu enfrentar, e, mais importante de tudo, só para f*** Yoel Romero. É a única luta que vou pegar depois de Georges St-Pierre”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário