Shogun revela desejo de lutar no UFC Japão, e mira revanche com St. Preux

Shogun viveu o auge de sua carreira atuando no Japão, quando se tornou campeão do Pride, extinto evento japonês

Shogun quer voltar a lutar no Japão (Foto: Reprodução / Facebook Shogunrua)

Shogun quer voltar a lutar no Japão (Foto: Reprodução / Facebook Shogunrua)

Aos 35 anos, Maurício Shogun vive sua melhor fase no UFC. O auge de sua carreira, no entanto, foi em 2005, quando se tornou campeão do GP dos médios do Pride. As conquistas de Shogun no extinto evento japonês o fizeram um ídolo no Japão, conquistando a admiração dos fãs locais. 12 anos depois, o brasileiro que voltar a lutar no país asiático, e está de olho em uma edição do Ultimate  marcada para a Saitama Super Arena, em Tóquio, em Setembro.

Veja Também

Confiante, Demian Maia espera lutar pelo cinturão em outubro
Johnson desabafa, detona o UFC e diz ser menosprezado por Dana White

“Eu lutei em março, conversei com a minha equipe, e a previsão é de lutar em setembro. Vai ter um UFC no Japão, tenho um carinho grande pelo país, pelo povo, e acho legal voltar a lutar lá. Meu foco é lutar lá, sendo a luta principal ou a co-luta principal, não importa. O que mais importa é estar nesse card. Tenho boas lembranças do Japão. A energia é boa. Se der certo, vou lutar na Saitama Superarena, onde fui campeão mundial. É um lugar de boas lembranças e boas energias”, declarou o curitibano, em entrevista na semana do UFC 212

Questionado se gostaria de desafiar algum nome específico, Shogun garantiu que enfrentaria qualquer um, mas destacou que gostaria de uma revanche com Ovince St. Preux, para quem já perdeu em 2014.

“Eu tenho o maior respeito pelo Saint-Preux, um cara que já me venceu. É uma luta que eu gostaria de fazer novamente. Quem sabe não será contra ele? Estou à disposição, se for ele. Eu não penso muito onde estou na categoria. Teremos o Daniel Cormier contra o Jon Jones, tem o Gustafsson, que acho que será o próximo a ter uma chance e tem o Manuwa, que luta em julho. Eu prefiro pensar luta a luta. Se eu pensar no depois, eu não foco na luta. Por experiência própria, penso só na próxima luta. Eu sei que, por ser um atleta que luta há muitos anos, por ser ex-campeão, a disputa de título pode acontecer antes do que eu imagino. Se acontecer, ficarei super feliz. Encaro cada luta como um sonho. O cinturão é meu grande sonho”, concluiu.

Maurício Shogun vem de três vitórias consecutivas no UFC. Sua atuação mais recente foi em março passado, quando nocauteou Gian Villante no UFC Fortaleza. Ex-campeão meio-pesado do Ultimate, ele acumula nove triunfos e oito reveses na organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments