Fedor garante: ‘Nunca me achei o melhor de todos os tempos’

Peso pesado russo é tido por alguns fãs e especialistas como superior a nomes como Anderson Silva e Jon Jones

Fedor (esq) pega M. Mitrione (Foto: Divulgação/Bellator MMA)

Fedor (esq) pega M. Mitrione (Foto: Divulgação/Bellator MMA)

O peso pesado Fedor Emelianenko volta ao MMA neste sábado (24), no Bellator 180, quando enfrentará Matt Mitrione na segunda luta mais importante da noite. Ex-campeão do Pride, o russo é tido como o melhor de todos os tempos por alguns fãs e especialistas, à frente de Anderson Silva, Jon Jones e Georges St. Pierre. Fedor, porém, rejeita o rótulo.

Veja Também

Em má fase, Toquinho enfrenta russo na luta principal do Fight Nights 70
Shogun minimiza estilo falastrão de Sonnen: ‘Ele faz por polêmica’
McGregor manterá equipe de MMA para duelo de boxe contra Floyd

Pregando humildade, o peso pesado de 40 anos diz que vê alguns atletas que são melhores que ele em várias partes do MMA e ainda elege as lutas preferidas de sua vitoriosa carreira:

“Eu nunca me achei o melhor de todos os tempos. Um lutador pode perder a qualquer momento. E há alguns lutadores, por exemplo, que defendem posições e são melhores que eu em algumas técnicas. Sobre minhas lutas preferidas, é difícil falar. Todas as lutas que fiz foram interessantes em pelo menos um aspecto. Mas talvez uma luta que eu possa colocar em outro patamar seria minha primeira vitória sobre Rodrigo Minotauro e a luta com Mirko Cro Cop”, comentou Fedor, em entrevista ao programa norte-americano “The MMA Hour”.

Os dois duelos citados pelo russo são suas vitórias mais marcantes. Em 2003, ainda desconhecido, surpreendeu o brasileiro com uma performance impecável, arrancando de Minotauro o título peso pesado do Pride. Dois anos depois, defendeu novamente o cinturão contra o croata Cro Cop em uma das melhores lutas da história da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments