Barboza reclama de McGregor e pede que UFC tire o título do irlandês

Peso leve comparou situação do campeão irlandês com o da ex-dona do cinturão pena feminino, Germaine De Randamie

E. Barboza reclamou de indecisão nos leves (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)

E. Barboza reclamou de indecisão nos leves (FOTO: Laerte Viana/Super Lutas)

Edson Barboza vem de três vitórias seguidas e está cada vez mais perto do título peso leve do UFC. Porém, a migração temporária do campeão Conor McGregor para o boxe emperrou a divisão. Enquanto o irlandês se prepara para enfrentar Floyd Mayweather em superluta, o futuro da categoria segue incerto e, por isso, o brasileiro pede que o título do “Notorious” seja cassado.

Veja Também

Wembley abriga primeira coletiva de McGregor x Mayweather
Weidman recusou terceira luta contra Anderson Silva no UFC 212
Marreta garante estilo agressivo no UFC 213: ‘Estou indo para nocautear’

O peso leve, que conta com triunfos contra Anthony Pettis e Gilbert Melendez e vem de vitória sobre nocaute diante de Beneil Dariush, comparou a situação de McGregor com a da ex-campeã Germaine De Randamie, que perdeu seu título peso pena por não querer lutar mesmo saudável.

“O Conor está fora muito tempo, eu não acho que ele se importa com o UFC ou com a divisão. Ele não respeita a gente e o UFC não tira o cinturão dele. Eu realmente não entendo porque o UFC tirou o cinturão da Germaine de Randamie e não tirou o do Conor também. Tirem o cinturão dele. Conor não é o verdadeiro campeão”, pontuou o brasileiro, em entrevista ao podcast “The Fight Society”.

Revoltado com a indecisão de sua divisão, Barboza chegou recentemente a sugerir uma luta contra José Aldo no peso pena. O lutador garante que conseguiria bater os 66 kg. limite da divisão e que enfrentar seu compatriota seria uma honra.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments