Brasileiro Dhiego Lima é finalizado e perde final de reality show do UFC

Brasileiro, que chegou a final do TUF pela segunda vez, deixou escapar um prêmio de US$ 290 mil; Gaethje x Johnson fazem luta do ano

J. Taylor finaliza D. Lima no TUF 25 Finale. Foto: Reprodução / YouTube

J. Taylor finaliza D. Lima no TUF 25 Finale. Foto: Reprodução / YouTube

O TUF 25 Finale não trará boas lembranças para os lutadores brasileiros. Com três representantes no evento, realizado na noite desta sexta-feira (07), em Las Vegas (EUA), o país deixou o octógono sem vitórias. Principal destaque brasileiro show, Dhiego Lima fazia a final da 25ª edição do TUF, o reality show do UFC, mas acabou finalizado por Jesse Taylor e deixou escapar o prêmio de US$ 290 mil – cerca de R$ 951 mil – mais um contrato de seis dígitos com a organização. Ainda no card principal da atração, Marcel Fortuna foi superado por Jordan Johnson na decisão dos juízes. Já na porção preliminar, Juliana Lima foi finalizada por Tecia Torres.

Veja Também

Tecia Torres finaliza brasileira Juliana Lima no TUF 25 Finale
Amanda e Shevchenko se provocam na pesagem do UFC 213

Na luta principal da noite, Michael Johnson e Justin Gaethje travaram uma verdadeira batalha com troca franca de golpes e muita alternância no domínio do duelo. Depois de quase ser nocauteado, o estreante Gaethje venceu o quinto colocado no ranking dos leves por nocaute técnico no segundo round.

Dhiego Lima é dominado por Jesse Taylor

Dhiego Lima chegou pela segunda vez na final do The Ultimate Fighter (TUF), o reality show do UFC, porém, mais uma vez, ele acabou deixando o título escapar na decisão. Diante de Jesse Taylor, o brasileiro não conseguiu se encontrar na disputa e o norte-americano impôs seu ritmo desde o início do combate. Logo nos primeiros movimentos, ele atacou a perna do goiano e levou a disputa para o solo. No chão, Taylor avançou até às costas e esteve perto de finalizar, mas o goiano conseguiu sair da pressão. Ainda na luta agarrada, Jesse voltou as costas em mais duas oportunidades, forçando Lima se esforçar ao máximo para defender a finalização.

Com grande desvantagem no primeiro assalto, Dhiego teve o seu melhor momento na disputa no início do segundo round. O norte-americano atacou na luta em pé, mas o brasileiro acertou um belo contragolpe e levou o rival ao chão. Porém, Lima se atrapalhou ao tentar dominar as costas e acabou cedendo a reversão ao rival. Rapidamente, o norte-americano avançou às costas, encaixou o estrangulamento e forçou a desistência do brasileiro.

“Essa vitória é para todas as pessoas que estão ferradas na vida: sigam adiante! Nunca desistam”, disse Jesse Taylor, que chegou a ser internado por problemas de alcoolismo, ainda no cage.

Gaethje bate Johnson em ‘luta do ano’

A melhor luta do ano! Assim pode ser resumida a disputa entre os pesos leves Justin Gaethje e Michael Johnson. Os lutadores trocaram muitas provocações durante a promoção do show e entregaram uma luta intensa, repleta de alternância no domínio da disputa. A luta começou com uma troca insana de socos e Johnson conectando os melhores golpes, mas Gaethje, mesmo acertado várias vezes, continua caminhando para frente.

Com alternância de bons ataques, Michael Johnson teve o primeiro grande momento no final da primeira parcial. Ele conectou uma bomba de esquerda que fez Gaethje dobrar o joelho. Na sequência, ele conseguiu a queda próximo a grade e desferiu mais golpes até o final da parcial.

No segundo round, Johnson voltou com a mesma pressão, conectando vários socos no rival. Mesmo assim, Gaethje não se intimidava e, mesmo visivelmente cansado, continua caminhando para frente, recusando-se a ser derrotado. A persistência de Justin deu resultado e a história da luta mudou na metade final do segundo assalto. Em um contragolpe, conectado na linha de cintura de Johnson, Gaethje desarmou o rival.

O ex-campeão do WSOP, que fazia sua estreia no UFC, foi pra cima, golpeou o rival várias vezes contra as grades até que ele fosse ao solo. Confiante na luta em pé, Gaethje pediu que o rival se levantasse e continuou o castigo. Ele voltou a pressionar o rival contra as grades, acertando combinações de socos e joelhadas até que o árbitro interromper a disputa e decretar o nocaute técnico.

Marcel Fortuna perde primeira no UFC

Depois de estrear com uma surpreendente vitória na divisão de pesados (até 120 kg.), Marcel Fortuna debutou na categoria original, a de meio-pesados (até 93 kg). Porém o resultado não foi o esperado. O brasileiro travou uma luta equilibrada contra Jordan Johnson. O norte-americano levou a melhor no primeiro round, mas Marcel conseguiu conectar os melhores golpes no segundo assalto e equilibrar a disputa.Com a luta empatada, a terceira parcial seria responsável por definir o vencedor. Johnson voltou a tomar a iniciativa, controlou a distância e dificultou os ataques de Fortuna.

Ao final, de 15 minutos, vitória de Jordan Johnson na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28).

Resultados do TUF 25 Finale

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Justin Gaethje derrotou Michael Johnson por nocaute técnico a 4m48s do R2

Peso meio-médio: Jesse Taylor finalizou Dhiego Lima com um mata-leão a 43 seg. do R2

Peso leve: Drakkar Klose derrotou Marc Diakiese na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado: Jared Cannonier derrotou Nick Roehrick por nocaute técnico a 2m08s do R3

Peso médio: Elias Theodorou derrotou Brad Tavares x  na decisão unânime dos juízes  (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Jordan Johnson derrotou Marcel Fortuna na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso palha: Angela Hill derrotou Ashley Yoder na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: James Krause derrotou. Tom Gallicchio na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: CB Dollaway derrotou Ed Herman na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso pena: Gray Maynard derrotou Teruto Ishihara na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso palha: Tecia Torres finalizou Juliana Lima com um mata-leão a 53 seg. do R2;

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments