Vídeo: Único a derrotar Covington, Warlley Alves detona o americano: ‘Vou te bater de novo’

Warlley Alves, que já finalizou Covington em 2015, mostrou irritação com provocações do norte-americano ao povo brasileiro

Warlley finalizou Covington em 2015 (Foto:Reprodução/YoutubeUFC)

Warlley finalizou Covington em 2015 (Foto:Reprodução/YoutubeUFC)

As polêmicas declarações de Colby Covington logo após vencer Demian Maia no UFC São Paulo, no último sábado (28), quando falou que o o Brasil era “um chiqueiro e os brasileiros um bando de animais sujos”, desagradou muitos atletas tupiniquins. Um deles é Warlley Alves, responsável pela única derrota da carreira do norte-americano. Através das redes sociais, o campeão do TUF Brasil 3 mostrou toda sua irritação com as palavras de Covington, garantido que pretende bater novamente no gringo, se referindo a vez em que eles se enfrentaram, em dezembro de 2015, quando o brasileiro venceu por finalização.

Veja Também

Covington domina Demian Maia e provoca torcida no UFC São Paulo
Covington se desculpa com os ‘animais sujos’ por compará-los aos brasileiros
UFC estuda punir Covington por declarações contra brasileiros

“Bom dia senhores, tudo bem? Estou aqui para mandar um recado para o @colbycovmma, ele veio aqui no meu país, falou um monte de besteira, xingando os brasileiros, xingando o Brasil. Rapaz, se sua mãe não te ensinou educação eu vou te ensinar, a gente vai se encontrar de novo, você não pode entrar na casa dos outros e falar mal dos brasileiros, falar mal de um país. Sempre visitei o seu país e tenho um respeito enorme pelo presidente Trump e pelas leis do seu país, admiro muito o seu país, agora você vem aqui falar mal do meu país, fala mal dos brasileiros? Você está se esquecendo da vez que a gente se encontrou? Você ficou com a costela doendo, você bateu, a gente vai se encontrar de novo @colbycovmma, pode ter certeza disso, e eu vou te bater de novo, como te bati em Vegas. Só que dessa vez vai ser mais rápido, não vai ser na guilhotina não, dessa vez eu vou enfiar a mão na sua cara para aprender a respeitar, respeitar a nação dos outros. O BRASIL É MEU PAÍS, NÃO FALE MAL DELE”, escreveu Alves.

Em outras publicações, Warlley continuou provocando Covington. “Mexeu com Brasil, mexeu comigo, vou te pegar de novo”, escreveu o lutador, que logo na sequência postou um vídeo da guilhotina aplicada no americano, dessa vez com ironia na legenda. “Aqui está a prova do por que o Covington odeia o Brasil”.

Veja as postagens de Warlley Alves: 

https://www.instagram.com/p/Ba1e3-UgiZz/?taken-by=warlleyalves

https://www.instagram.com/p/Ba16vNKgRiw/?taken-by=warlleyalves

https://www.instagram.com/p/Ba2WKIIg6es/?taken-by=warlleyalves

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments