Jornal afirma que Ronda Rousey está próxima de migrar para o WWE

Sem expectativa de voltar ao octógono, Ronda Rousey pode ser anunciada em breve como nova estrela do WWE

Ronda deve estrear no WWE em janeiro de 2018 (Foto:Reprodução/Facebook RondaRousey)

Ronda deve estrear no WWE em janeiro de 2018 (Foto:Reprodução/Facebook RondaRousey)

Ao que tudo indica, o futuro de Ronda Rousey está cada vez mais distante do octógono. Sem lutar desde dezembro de 2016, quando foi nocauteada por Amanda Nunes em sua segunda derrota profissional no MMA, a ex-campeã peso galo feminino do UFC estaria bem próxima de acertar sua migração para o WWE, famosa empresa americana de pro-wrestling, as ‘lutas teatrais’.

Veja Também

Cyborg ironiza possível duelo com Ronda: ‘Podemos fazer isso na WWE’
Técnico quer que Ronda Rousey volte ao UFC para enfrentar Cyborg

De acordo com o jornal inglês “The Sun”, a estreia de Rowdy está prevista para acontecer no dia 28 de janeiro, na Filadélfia (EUA), em evento nomeado como ‘Royal Rumble’. Recentemente, Ronda foi visto no bastidores da gravação de “Mae Young Classic”, o que aumentou os boates sobre sua possível ida para o telecatch. Nas imagens, ela é vista ao lado das também lutadores Jessamyn Duke, Marina Shafir e Shayna Baszler, que, ao lado de Rousey, completa o quarteto apelidado de ‘Four Horsewomen’. Na cena, o quarteto aparece trocando provocações com outras meninas, que se auto-intitulavam de ‘Four Horsewomen’.

Ronda Rousey no MMA

Ronda Rousey foi uma das pioneiras do MMA feminino, tendo sido fundamental na entrada das mulheres no UFC. Antes dela, Dana White, presidente da organização, havia comentado que o Ultimate nunca permitiria lutas entre mulheres no octógono. Com a chegada da medalhista de bronze olímpica ao esporte, o dirigente mudou de ideia e resolveu incluir a divisão dos galos. Ronda ganhou suas 12 primeiras lutas, finalizando ou nocauteando todas as adversárias. No fim de 2015, perdeu seu cinturão do UFC para Holly Holm e, um ano depois, foi nocauteada em apenas 48 segundos por Amanda Nunes. Desde então, a loira não se pronunciou mais sobre sua carreira no mundo das lutas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments