Aldo mostra confiança e fala em ‘gana a mais’ para retomar título

Brasileiro garante que terá seu 'trono' de volta e deixa no ar 'novos planos' para Holloway

J. Aldo busca terceiro reinado no UFC (Foto: Reprodução Facebook Jose Aldo Junior)

J. Aldo busca terceiro reinado no UFC (Foto: Reprodução Facebook Jose Aldo Junior)

No próximo sábado (2), José Aldo terá a chance de recuperar o título peso pena do Ultimate, perdido para Max Holloway há apenas cinco meses. O brasileiro, que perdeu em casa para o norte-americano, agora vai até Detroit tentar trazer o cinturão de volta e admite que está com energia renovada após ter passado por problemas com o UFC.

Veja Também

Vídeo: Com luta marcada nos leves, Do Bronx mira retorno aos penas: ‘Objetivo é ser campeão’
Ferguson detona Khabib após provocação: ‘Gordo e frágil’
Dillashaw volta a desafiar Johnson: ‘Ele precisa de mim’

Em entrevista ao programa “Countdown to UFC 218”, Aldo garantiu que vai voltar a ser campeão no dia 2 de dezembro e disse estar com uma “gana a mais” pela vitória sobre Holloway e deixou no ar ‘novos planos’ para o adversário.

“Eu sabia que essa vaga seria minha. Fui um campeão dominante, um dos únicos da história da divisão e merecia essa chance. Para mim, eu vou ser sempre o melhor, o campeão. Por isso, eu entrei na organização. Eu sabia que esse cinturão ia voltar para mim, mas fico feliz que a chance venha tão rápido (…) Vai ser uma nova luta, a gente está com uma cabeça nova, planos novos. Tem um cinturão em jogo sim, mas agora o Aldo está com uma gana a mais para lutar”, garantiu o brasileiro.

Apesar da confiança, o favoritismo de Holloway vem pelo fato de o norte-americano ter vencido a primeira luta entre os dois de maneira decisiva. Aldo até teve chances de liquidar a fatura no primeiro round, mas acabou nocauteado no terceiro assalto. O brasileiro explicou o que houve de errado naquele combate.

“Ele é um cara alto e é difícil de jogar contra. Não tive tanta dificuldade, inclusive tive algumas oportunidades, acertei bons golpes, tive a oportunidade de acabar com a luta, mas não deu”, disse Aldo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments