UFC 218 premia duas “Lutas da Noite” e Alex Cowboy sai com bolso cheio

Lutadores receberam um prêmio extra de US$50 por apresentações no show

Alvarez e  Gaethje (esq.) e Medeiros e Cowboy (dir.) levaram o bônus do UFC 218. Foto: Reprodução Instagram UFC

Alvarez e Gaethje (esq.) e Medeiros e Cowboy (dir.) levaram o bônus do UFC 218. Foto: Reprodução Instagram UFC

A expectativa para o prêmio de melhor luta do UFC 218, evento realizado na madrugada deste domingo (03), em Detroit (EUA), era grande. Se no card preliminar os meio-médios Yancy Medeiros e Alex Cowboy fizeram uma luta insana, no programa principal os pesos leves Eddie Alvarez e Justin Gaethje não deixaram por menos. A solução encontrada pelo UFC foi simples: premiou os atletas das duas lutas com US$ 50 mil de bônus, cerca de R$163 mil na cotação atual.

Veja Também

Holloway repete a dose, volta a vencer José Aldo e defende cinturão no UFC 218
Alex Cowboy e Charles do Bronx são derrotados no card preliminar do UFC 218

Em contrapartida, por premiar duas lutas como ‘melhores da noite’, nenhum outro atleta recebeu o bônus de ‘performance’.

O confronto entre Cowboy e Medeiros foi cheio de reviravoltas. Os lutadores trocaram knockdown durante a disputa e alternaram no controle do duelo. O havaiano, com melhor condicionamento físico, conseguiu superar o brasileiro, que lutou desde os primeiros instantes de combate com o nariz quebrado, no terceiro round depois de sofrer um duro castigo e quase ser finalizado.

Por outro lado, o duelo entre Eddie Alvarez e Justin Gaethje não decepcionou, Os dois lutadores caminharam para frente durante todo o tempo e trocaram duros golpes. Alvarez venceu os dois primeiros rounds, mas Gaethje cresceu no terceiro e esteve perto de virar a luta. No entanto, Alvarez acertou uma dura joelhada na cabeça de Gaethje no minuto final e venceu por nocaute técnico.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments