Dana White admite ‘tristeza’ com novo doping de Anderson Silva

Mandatário do UFC ainda revelou não ter conversado com ex-campeão sobre o assunto

Dana lamentou situação de Anderson (Foto: Reprodução/Youtube UFC)

Dana lamentou situação de Anderson (Foto: Reprodução/Youtube UFC)

A relação entre Anderson Silva e Dana White, presidente do UFC, parece ter entrado em stand-by desde que o brasileiro foi pego novamente em exame antidoping e obrigado a se retirar da luta que faria com o norte-americano Kelvin Gastelum na atração principal do UFC China. O próprio dirigente revelou que não conversou ainda com o ex-campeão sobre o assunto.

Veja Também

Técnico confia em inocência de Anderson Silva, mas espera longa suspensão por doping
Mesmo em má fase, Lyoto Machida segue com foco no cinturão
Mark Hunt é liberado pelo UFC para voltar a lutar

Dana White admite ter ficado triste com novo exame antidoping positivo de Anderson Silva, a quem já chamou de “melhor de todos os tempos” em várias oportunidades. O mandatário do Ultimate disse que só entrou em contato com Ed Soares, um dos empresários do “Spider”.

“Obviamente, fiquei muito triste (com o novo exame positivo de Anderson). Eu fiquei realmente triste. Sei lá… Eles têm se mantido em silêncio, não falam nada. Conversei umas duas vezes com Ed Soares (empresário), e ele mesmo não havia falado com Anderson Silva. Não sei”, comentou Dana White à imprensa, em declarações reproduzidas pelo site norte-americano MMA Junkie.

Antes do UFC China, Anderson Silva foi pego novamente em exame antidoping. Ele já havia testado positivo em 2015, logo após a luta com Nick Diaz, que marcou seu retorno ao UFC depois de quebrar a perna contra Chris Weidman. O brasileiro levou gancho de um ano por conta do ocorrido, mas agora encara uma possível punição de até quatro anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments