Overeem descarta aposentadoria: ‘Já voltei à academia’

Holandês também lamentou não estar lutando pelo título após derrota para Francis Ngannou

A. Overeem lamentou não lutar pelo título (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Antes do UFC 218, Alistair Overeem estava a uma luta de voltar a disputar o cinturão peso pesado do Ultimate. Porém, o holandês sofreu um nocaute impressionante pelas mãos de Francis Ngannou e viu o camaronês passar à sua frente na corrida pelo título de Stipe Miocic e os dois se enfrentarão no UFC 220, no dia 20 de janeiro. A derrota de Overeem foi tão violenta que muitos fãs chegaram a pedir sua aposentadoria.

Veja Também

Exclusivo: Ponzinibbio insiste em Dos Anjos e diz que finalizaria Tyron Woodley
Hunt anuncia que deixará o UFC após fim de seu contrato
Holm admite posição de zebra contra Cyborg: ‘Mais uma vez’

Porém, “The Reem” declarou que não pretende pendurar as luvas, revelou já estar de volta à academia e lamentou não ter conseguido nova oportunidade para destronar Miocic – os dois lutaram no UFC 203 e Overeem quase finalizou o campeão antes de ser nocauteado.

“Infelizmente não é o meu rosto no pôster do UFC 220, mas ainda assim, como um fã de lutas, posso dizer que esse será um grande combate. Não tenho um favorito (para Miocic x Ngannou), então que vença o melhor homem. Ah, e para todas as pessoas que estão pedindo a minha aposentadoria: me desculpem, mas já estou de volta à academia”, comentou o holandês através de sua conta oficial no Twitter.

O UFC 220 terá, além do duelo pelo título peso pesado, uma outra luta valendo cinturão: de novo campeão meio-pesado, Daniel Cormier defenderá sua coroa contra o suíço Volkan Oezdemir. Quatro brasileiros também estarão em ação no evento: Thomas Almeida, Alexandre Pantoja, Francimar Bodão e Gleison Tibau enfrentam, respectivamente, Rob Font, Dustin Ortiz, Islam Makhachev e Gian Villante.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments