Dana White aprova ida de Ronda Rousey para o WWE

Dirigente norte-americano desenvolveu amizade fora dos negócios com a lutadora e gostou da notícia

Dana garantiu estar feliz por Ronda (Foto: Divulgação)

Presidente do UFC e responsável por levar Ronda Rousey à companhia, Dana White desenvolveu amizade fora dos negócios com a lutadora e revelou sua felicidade com sua ex-campeã migrando para o WWE (telecatch). O dirigente garantiu que não guarda mágoas da amiga por ter deixado o UFC, tendo, em outras oportunidades, exaltado o trabalho feito pela norte-americana para a divulgação da marca e pelo MMA feminino em geral.

Veja Também

Ronda Rousey oficializa chegada ao WWE: ‘É a minha vida agora’
Nova estrela da WWE, Ronda não descarta volta ao UFC: ‘Eu não duvidaria’
Werdum diz que Cyborg ‘matará’ Amanda em superluta

Em entrevista ao jornal norte-americano “Las Vegas Review”, Dana White revelou que Rousey sempre foi uma grande fã de telecatch e, por isso, estava feliz por ela estar realizando um de seus maiores sonhos.

“Estou muito feliz por ela. Ela ama wrestling profissional e sempre foi uma grande fã, então sei o quanto isso significa para ela. Ela continua conquistando tudo o que sempre quis”, comentou Dana White.

Ronda foi a responsável por mudar a cabeça do dirigente, que chegou a dizer que mulheres nunca lutariam no UFC. Após uma lendária sequência no Strikeforce, Rousey foi contratada pelo Ultimate e estreou em 2013. Ela chegou a defender seu título cinco vezes, antes de ser nocauteada por Holly Holm em novembro de 2015. Em dezembro do ano seguinte, ela retornou para buscar novamente o cinturão, mas acabou sendo nocauteada novamente, desta vez por Amanda Nunes, a atual campeã.

Notícias relacionadas