Cormier revela conversa com Miocic antes de fechar superluta

Norte-americano disse que ligação girou em torno de pagamento maior para fechar duelo histórico

D. Cormier (foto) falou com próximo adversário (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Daniel Cormier tentará se tornar campeão de duas categorias ao mesmo tempo no UFC 226 do dia 7 de julho. Na ocasião, o dono do cinturão meio-pesado enfrentará Stipe Miocic, campeão peso pesado. Mas DC fez questão de ligar para o futuro oponente e conversar sobre os salários que os dois receberão para o duelo.

Veja Também

Técnico de Jones ‘prevê’ trilogia com Cormier pelo título pesado
Ultimate reserva 12 de maio para o UFC 224, no Rio de Janeiro
Weidman elogia Jacaré, mas mira luta pelo título interino

Em entrevista ao site norte-americano FloCombat, Cormier admitiu ter conversado com Miocic antes de assinar o contrato, com o intuito de os dois negociarem um pagamento mais alto para fecharem a superluta.

“Eu falei com ele. Liguei para Stipe e, obviamente, ele é um grande cara. Já passamos um tempo juntos, ele é um campeão fantástico, um pilar de sua comunidade. Realmente, não posso falar coisas boas o suficiente sobre ele. Dito isto, falei com ele “Olha, não vou lutar com você por US$ 500 mil”. Pedi uma cifra maior e ele disse “Cara, eu te amo”. Ele disse isso mesmo. Eu falei com ele que só podemos lutar pela cifra certa. Sua esposa estava falando no meio da ligação “É isso aí, DC””, revelou o campeão meio-pesado.

Cormier revelou também que fez questão de pedir um aumento para Miocic também ao negociar a superluta e disse que só aceitou voltar ao peso pesado para fazer história e se tornar o primeiro atleta a ter os dois cinturões mais pesados do UFC ao mesmo tempo.

“Ninguém fez isso. Isso é história. Claro, outros conseguiram títulos no meio-médio, peso leve e pena. Mas ninguém tentou ganhar os dois títulos mais pesados do UFC”, assinalou.

 

Notícias relacionadas