Belfort voltar a cogitar aposentadoria após UFC Rio

Vitor declarou que para continuar lutando a remuneração financeira tem que ser adequada

V. Belfort considera aposentadoria após UFC no Rio de Janeiro. (Foto:Instagram/VitorBelfort)

Vitor “The Phenom” Belfort se tornou o mais jovem lutador da história ao vencer no UFC com 19 anos. Em 2018, aos 41, ele vai para a 41ª luta no MMA contra o brasileiro, Lyoto Machida. O embate será no UFC 224 dia 12 de maio no Rio de Janeiro. Uma das lutas mais aguardadas do evento.

Veja Também

Perto do final da carreira, Vitor Belfort reflete: ‘Você não é tratado como atleta’
Antecipe suas apostas para o UFC 225 e aumente sua margem de lucro
Sua paixão pelas lutas pode se transformar em lucro!

Em entrevista coletiva por teleconferência, Vitor falou sobre a luta contra Uriah Hall em janeiro deste ano que foi adiada e da chance de poder encerrar a carreira em seu país. Ele ainda não sabe qual será o seu futuro, mas para continuar lutando quer uma melhor remuneração. “É o que aconteceu, então é o melhor”, falou “The Phenom” sobre a luta com Uriah Hall.

Belfort ressaltou o respeito que tem pelo adversário, mas afirmou que vai focar no ponto fraco de Machida. “Muito bom voltar para casa, fico feliz em lutar no lugar que meu sonho começou. O nosso camp está preparado e agora é só estabilizar e ajustar tudo. Ali dentro não tem muita amizade, os dois querendo ganhar. O desejo é dos dois lados. Vou mirar no queixo dele. Não existe nada morno com Vitor Belfort, é quente ou frio (falando sobre a luta com Lyoto)”, declarou.

 

Notícias relacionadas