Yair Rodríguez é demitido do UFC

Após recusar luta contra o russo Zabit Magomedsharipov, o presidente Dana White oficializou a saída do mexicano

Rodriguez fez sete lutas no UFC, foram seis vitórias e apenas uma derrota. Foto: Divulgação/UFC

Após recusar duas lutas, o mexicano peso pena, Yair Rodríguez não faz mais parte do UFC. O jornal “Los Angeles Times” divulgou a informação na sexta-feira (11) e confirmada pelo presidente do Ultimate, Dana White.

Veja Também

Perto do fim da carreira, Belfort não descarta superluta contra Fedor
Mutante mira no top-15 após UFC Rio e crava: ‘Se UFC quiser, posso dar um pau no Borrachinha’
O UFC 224: Saiba porque apostar nos brasileiros no card preliminar

O mexicano estava há quase um ano sem lutar e dispensou lutas contra Ricardo Lamas e Zabit Magomedsharipov. O motivo da demissão foi a segunda recusa de combate. O confronto diante de Magomedsharipov já tinha sido anunciado para o UFC 227, no para quatro de agosto em Los Angeles.

“Esse cara está parado há um ano, rejeitou uma luta contra Ricardo Lamas, e agora não quer enfrentar um lutador que está abaixo dele no ranking? Ele pode procurar outro lugar para lutar. Ele não serve mais para nós. Ele chamou isso de ‘notícia falsa’. Então essa é a notícia verdadeira”, disse Dana White.

O lutador mexicano ainda não se pronunciou sobre a demissão.

Yair Rodríguez tem um cartel de 12 lutas, sendo dez vitórias e duas derrotas. Sua última luta no UFC foi a derrota para Frankie Edgar, em 13 de maio de 2017 no UFC 211.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário