Namorada de Amanda Nunes cogitou abandonar o MMA para tornar-se mãe

Nina Ansaroff disse que pensou em deixar as lutas ser mãe em 2016 depois de duas derrotas consecutivas

A próxima luta de N. Ansaroff é conta Randa Markos no UFC Calgary, dia 28 de julho. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Em 2016 com duas derrotas consecutivas após ser contratada para o UFC, Nina Ansaroff pensou em deixar o MMA para ser mãe. Depois de duas vitórias consecutivas, a norte-americana repensou e resolveu continuar no UFC. Aos 32 anos, a lutadora vê as coisas de outra forma.

Veja Também

Amanda Nunes revela desejo de ter um filho com a namorada
Lutadoras sugerem ter se casado após o UFC 202

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Nina explicou que se tivesse perdido sua terceira luta seguida pelo UFC, teria abandonado o esporte. A atleta ainda relatou que muitos lutadores em início de carreira pensam em largar o esporte depois de passar por maus momentos. “Se eu tivesse perdido aquela terceira luta seguida provavelmente teria aposentado e começado uma família”, afirmou.

“Muitos lutadores acabam cedendo, ‘eu perdi, isso é horrível’. Todos treinam MMA hoje em dia. São oponentes de alto nível, você vai vencer algumas vezes e perder outras. É assim que é esse esporte. Se você deixar isso afetar muito a sua cabeça, você está arruinado”, avaliou Nina.

Nina Ansaroff está na 13ª posição do ranking peso palha do UFC. Sua próxima luta é conta Randa Markos no UFC Calgary, dia 28 de julho. A norte-americana tem 13 lutas na carreira com oito vitórias e cinco derrotas

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário