Holly Holm planeja retorno ao peso galo e embate com Amanda Nunes

A lutadora afirma que está focada na luta contra Megan Anderson no sábado (09) no UFC 225, mas quer recuperar o cinturão peso galo

Mesmo com o foco no cinturão peso galo, H. Holm quer enfrentar novamente C. Cyborg no futuro. (Foto: Reprodução Facebook Holly Holm)

A ex-campeã peso palha do UFC, Holly Holm está com a atenção focada em sua luta contra Megan Anderson no UFC 225, em Chicago no sábado (09). Contra a estreante, a norte-americana vai para terceira luta na categoria peso pena, onde já enfrentou Germaine de Randamie e Cris Cyborg. Em um almoço com a imprensa, Holm contou que deseja voltar para ao peso galo e buscar o cinturão novamente. Atualmente o título é da brasileira, Amanda Nunes.

A lutadora afirmou que se sente em ‘casa’ no peso galo, mas com a oportunidade de lutar pelo cinturão peso pena contra Cris Cyborg decidiu subir de categoria.

Veja Também

Luta entre Holly Holm e Megan Anderson é transferida para o card principal do UFC 225
Antecipe suas apostas para o UFC 225 e aumente sua margem de lucro

“A verdade é que no peso galo eu me sinto mais em casa. Lutar pelo cinturão peso pena contra Cris Cyborg foi uma oportunidade que apareceu, assim como essa de enfrentar Megan Anderson. Vou fazer essa luta, mas depois adoraria descer de categoria e ter a chance de lutar pelo cinturão”, disse Holly.

Mesmo com o desejo de voltar a sua categoria original, Holm afirmou que gostaria de enfrentar novamente a lutadora brasileira no futuro. Ela acredita que Cris Cyborg foi um dos maiores desafios que teve em sua carreira no MMA.

“Achei que foi uma luta dura. Provavelmente uma das maiores batalhas que já enfrentei no MMA. Gostaria de receber uma nova chance contra Cyborg, mas sei que é difícil agora”, afirmou.

Holly Holm tem um cartel de 15 lutas, 11 vitórias e quatro derrotas. A norte-americana conquistou o cinturão peso galo com um nocaute em Ronda Rousey em novembro de 2015 no UFC 193. Holm vem de derrota para Cris Cyborg em dezembro do ano passado no UFC 219.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário