Paulo Borrachinha garante que nocautearia Robert Whittaker e Yoel Romero em dois round

O brasileiro não gostou do confronto entre os lutadores no UFC 225 e garantiu que se estivesse no cage teria nocauteado os dois

P. Borrachinha (foto) poderá provar seu argumento, pois enfrentará Y. Romero no UFC 230 em novembro. Foto: Reprodução/Instagram @borrachinhamma

O confronto entre o campeão dos médios, Robert Whittaker e Yoel Romero na luta principal do UFC 225, encantou os espectadores com uma luta franca com cinco rounds, mesmo não sendo válida pelo título da categoria. Em entrevista ao site “MMA Fighting”, Paulo ‘Borrachinha’ Costa afirmou que não ficou impressionado com a performance dos atletas.

Veja Também

Paulo Borrachinha desafia Chris Weidman após nocautear Uriah Hall
De olho no cinturão, Paulo Borrachinha encara Yoel Romero no UFC 230

O brasileiro garantiu que se estivesse no octógono com Whittaker e Romero nocautearia os dois e o confronto nem chegaria ao terceiro round.

“Eu não gostei da luta entre Whittaker e Romero. Eu pensei comigo mesmo, se eu estivesse naquela jaula, eu teria nocauteado os dois porque eles tiveram a oportunidade de conectar golpes limpos no rosto e ninguém caiu. Se fosse eu, eu teria batido neles mais cedo. Não chegaria nem ao terceiro round”, explicou Paulo.

Borrachinha poderá provar sua ‘teoria’ com Romero no UFC 230, dia 3 de novembro, no Madison Square Garden. O confronto entre os atletas foi confirmado pelo Ultimate.

Em relação a perda de peso de Romero, Paulo pede que o rival não consiga bater os 84 kg para que ele possa receber 20 ou 30% de sua bolsa.

“São 20% mais indo para o meu bolso. Tudo o que eu quero é que ele perca peso. Chegue lá pesado e me dê 20 ou 30%. Trinta é ainda melhor. Isso é tudo o que eu quero. Yoel Romero, coma muito e chegue lá pesado, por favor. Eu quero seus 30 por cento”, ironizou Borrachinha.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário