Paulo Borrachinha desafia Chris Weidman após nocautear Uriah Hall

O brasileiro quer um enfrentamento com o ex-campeão e projeta que o vencedor seja o próximo desafiante ao título dos médios

P. Borrachinha mantém a invencibilidade após 11 lutas na carreira. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Com um nocaute em Uriah Hall no UFC 226 no sábado, Paulo Borrachinha conseguiu a maior vitória de sua carreira e se manteve invicto. O triunfo fez com o brasileiro chegasse mais perto dos top 5 dos médios. O brasileiro não perdeu tempo e já desafiou o ex-camepeão da divisão, Chris Weidman.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute de Paulo Borrachinha no UFC 226
Paulo Borrachinha acredita que pode nocautear qualquer lutador do peso médio

“Quero o Chris Weidman. E ele não vai ter escolhas. Por que não? Ele vai esperar o que? Ele tem que lutar “, alegou Borrachinha.

Weidman já declarou que quer ser o próximo desafiante ao título contra o atual campeão, Robert Whittaker. O desejo do lutador não foi reconhecido pelo Ultimate que confirmou o australiano e Kelvin Gastelum como treinadores do TUF 28 e uma disputa de cinturão no final de 2018.

Borrachinha quer lutar contra Weidman, e planeja que o vencedor seja o próximo desafiante ao campeão dos médios.

Durante entrevista coletiva do UFC 226, o presidente do Ultimate Dana White disse que cogita a participação do brasileiro do card do UFC São Paulo em setembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário